Publicidade

Correio Braziliense

Restaurante comunitário do Riacho Fundo é reaberto após passar por reforma

O horário de funcionamento continua das 11h às 14h e o estabelecimento tem capacidade para 500 pessoas. Ao todo, existem 14 restaurantes comunitários no DF


postado em 16/08/2019 23:16

Restaurante passou por reforma e ficou fechado 15 dias(foto: Elio Rizzo/Esp.CB/D.A Press)
Restaurante passou por reforma e ficou fechado 15 dias (foto: Elio Rizzo/Esp.CB/D.A Press)
O restaurante comunitário do Riacho Fundo 2 foi reaberto nesta sexta-feira (16/8), após passar 15 dias fechado para reforma. O horário de funcionamento continua das 11h às 14h e o estabelecimento tem capacidade para 500 pessoas. Na ocasião da reabertura, o secretário de Desenvolvimento Social, Eduardo Zaratz, informou que a maioria dos restaurantes está passando por restauração.

A última reforma nos estabelecimentos ocorreu há 12 anos, segundo o Governo do Distrito Federal (GDF). No DF existem 14 restaurantes comunitários que oferecem as refeições ao custo de R$ 1 para o usuário inscrito no CadÚnico, cuja renda familiar per capita seja de meio salário mínimo até três salário mínimo total.

Para o público em geral, a refeição sai a R$ 2. Os restaurantes de Brazlândia, do Paranoá e do Sol Nascente servem também café da manhã por R$ 0,50. O cardápio oferece opções café, leite ou pingado, pão com manteiga, bolo, achocolatado e uma fruta da época.

O objetivo é garantir aos trabalhadores de baixa renda e à população em situação de vulnerabilidade social, acesso a alimentação adequada. As refeições são elaboradas por funcionários da empresa contratada e são planejadas e monitoradas por uma equipe composta por nutricionistas servidores do GDF.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade