Publicidade

Correio Braziliense

Morre idoso que emocionou o país ao pedir para ficar internado com a esposa

No ano passado, Francisco e Sebastiana fizeram o Hospital Regional de Samambaia alterar o protocolo para que pudessem ficar internados no mesmo quarto. O corpo do idoso será enterrado neste sábado, em Taguatinga, às 16h


postado em 17/08/2019 14:42 / atualizado em 17/08/2019 17:54

Francisco e Sebastiana dão as mãos durante internação que emocionou o país(foto: Matheus Oliveira/Agência Saúde)
Francisco e Sebastiana dão as mãos durante internação que emocionou o país (foto: Matheus Oliveira/Agência Saúde)
Pouco mais de um ano após sua história de amor comover todo o país, Francisco Fernandes de Alencar morreu na madrugada deste sábado (17/8). Ele completaria 104 anos no próximo 2 de setembro, mas não resistiu a uma hemorragia intestinal e faleceu às 3h20. 

 

Francisco e a mulher, Sebastiana Coelho de Matos, ficaram conhecidos após sensibilizar os funcionários do Hospital Regional de Samambaia em abril do ano passado. Os dois foram internados ao mesmo tempo da unidade de saúde, e Francisco demonstrava tanta falta da companheira que a equipe alterou o protocolo para deixá-los no mesmo quarto, lado a lado. A história emocionou o DF e repercutiu em todo o país.

 

A estratégia ajudou na recuperação do casal, e ambos retornaram para casa dias depois. Sebastiana, porém, não resistiu a um enfisema pulmonar e morreu, aos 101 anos, em 11 de setembro do ano passado, após ser casada com Francisco por 82 anos. 

 

"Meu avô sentiu muito a perda da minha avó. Nos últimos dias, ele falava muito dela, mais até do que logo depois de ela falecer", conta Jane Ester Alencar, uma das netas do casal. "A qualidade de vida dele caiu, ele sentiu muito a partida dela. Foi se entregando", relembra a neta. 

 

"Eu estou pronto"

Antes de morrer, Francisco disse à família: ''Estou pronto''(foto: Aquivo pessoal)
Antes de morrer, Francisco disse à família: ''Estou pronto'' (foto: Aquivo pessoal)
Ela explica que o sentimento é ambiguo neste momento. "Ficamos muito tristes pela partida dele. Ele era muito lúcido. Ontem, ele tomou café da manhã na mesa, fez a oração dele e até cantou. Mas agora ele está com a minha avó, pode descansar. Eles tiveram uma vida muito feliz", diz. 

 

Emocionada, ela conta os momentos finais do avô: "Ele estava deitado, com muita dificuldade de respirar. Minha tia caçula se deitou ao lado dele e falou: 'Pai, pode ir, eu te entrego nas mãos de Deus'". Logo após a permissão dada pela filha mais nova, Francisco disse, com a voz forte: "Eu estou pronto". "Foi assim que ele fechou o olho e morreu", conta Jane. 

 

O corpo de Francisco está sendo velado na Capela 5 do cemitério Campo da Esperança, em Taguatinga. O sepultamento será às 16h.

Ver galeria . 10 Fotos Matheus Oliveira/Agência Saúde
(foto: Matheus Oliveira/Agência Saúde )

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade