Publicidade

Correio Braziliense

Número de ciclistas mortos em acidentes de trânsito cai 23%

Também houve redução de 15% das ocorrências de acidentes fatais nas vias do DF


postado em 17/08/2019 20:11 / atualizado em 17/08/2019 22:22

No primeiro semestre de 2019, 10 ciclistas morreram nas vias do DF(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
No primeiro semestre de 2019, 10 ciclistas morreram nas vias do DF (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

De janeiro a junho de 2019, 10 ciclistas morreram em acidentes nas vias que cortam o Distrito Federal, segundo dados do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Isso representa uma redução de 23,7% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 13 vítimas não resistiram. Até junho deste ano, 11 fatalidades envolvendo bicicletas foram registradas. Houve uma queda de 15% no número de acidentes em relação a 2018, quando foram registradas 13 ocorrências no primeiro semestre.

 

Em geral, os acidentes acontecem pela manhã, entre 6h e 11h59. De acordo com o levantamento do Detran, as cidades com maior número de casos são Gama e Sobradinho, mas também houve registros em Ceilândia, Planaltina, Samambaia, São Sebastião e Riacho Fundo 2.

 

A maioria dos ciclistas mortos são homens (80%) e a faixa etária mais comum é entre 45 e 49 anos (40% dos óbitos). Em cinco dos 11 acidentes, carros estiveram envolvidos. Em dois, apenas bicicletas; e em quatro situações, motos. Em uma delas, foi o motociclista quem não resistiu. 

 

Ação educativa

 

Neste domingo (18/8), véspera do Dia Nacional do Ciclista, o Detran estará no 44º Encontro de Grupos de Ciclistas de MTB (mountain bike) de Brasília e Entorno, distribuindo material educativo com orientações e dicas de segurança. O evento acontece na Floresta Nacional de Brasília, entre 7h e 12h.

 

*Com informações do Detran-DF

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade