Publicidade

Correio Braziliense

Casal é preso em flagrante por receptação e venda de produtos roubados

Celulares roubados eram desbloqueados e anunciados para venda na internet. Acusados foram presos em Samambaia


postado em 19/08/2019 11:18 / atualizado em 19/08/2019 11:20

Operação foi deflagrada pela 24ª Delegacia de Polícia (Setor O - Ceilândia)
Operação foi deflagrada pela 24ª Delegacia de Polícia (Setor O - Ceilândia)
A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu na manhã desta segunda-feira (19/8) um casal acusado de receptação qualificada, em Samambaia. Com os suspeitos foram encontrados celulares desbloqueados que seriam revendidos na Feira do Rolo, em Ceilândia, de acordo com a investigação. A ação ocorreu durante a Operação Via Obscura, da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O - Ceilândia). 

O homem, de 38 anos, e a mulher, de 33, foram presos na residência deles, onde funcionava uma loja de compra, venda e conserto de celulares. Segundo os agentes do Polícia Civil, o homem desbloqueava os aparelhos, enquanto a mulher anunciava os produtos na internet. "Eles usavam as redes sociais e sites de anúncios para fazer a revenda. Eles adquiriam os aparelhos por um preço em torno de R$ 150 e  revendiam por R$ 450 , R$ 500", detalha o delegado Thiago Peralva, que coordenou a operação. 

Os suspeitos vinham sendo investigados desde dezembro, após terem adquirido um celular, fruto de roubo de uma associação criminosa, acusada de roubo de carros, desmontada na Operação Cohors. "A partir daí, iniciamos uma nova investigação só para apurar os crimes de receptação. A investigação foi se aprofundando até decobrirmos o comércio irregular na casa deles", afirma o delegado. 

A polícia informa que o casal confessou que não sabia a procedência dos aparelhos. O acusados foram autuados em flagrante pelo crime de receptação qualificada. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade