Publicidade

Correio Braziliense

Mulher fica em estado grave após ser baleada na rua, no Novo Gama

A vítima estava reunida com um grupo de amigos quando um carro passou e disparos foram feitos de dentro do veículo. Uma das balas atingiu a jovem nas costas e perfurou o pulmão


postado em 19/08/2019 18:17 / atualizado em 19/08/2019 18:19

(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
Uma mulher de 25 anos foi internada em estado grave após ser vítima de disparo de arma de fogo. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (16/8), próximo à casa dela, no Novo Gama, município no Entrono do Distrito Federal a 35km do Plano Piloto. Segundo testemunhas, um carro passou pela rua e atirou contra ela.  

Ao Correio, a irmã da vítima contou que ela estava com um grupo de amigos próximos à uma fogueira, quando o automóvel passou e efetuou os disparos. "Não sabemos quem possa ter feito isso com ela. Foram ao menos seis disparos e um deles acertou minha irmã nas costas. Ela teve o pulmão perfurado e está internada", lamentou.  

A mulher está em estado grave no Hospital Regional de Santa Maria. Segundo os familiares, eles tentam um leito no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). "Ela passou por cirurgia para colocar o dreno, que tira o sangue acumulado do pulmão. O médico nos disse que ela precisa retirar a bala, que ainda está alojada no corpo", disse.  
 
A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde, mas não recebeu retorno até a mais recente atualização desta matéria.
  

Investigação 

Agentes do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) da Polícia Civil de Goiás apuram a ocorrência. De acordo com o delegado à frente do caso, Pedro Trajano, os policiais trabalham para tentar identificar a motivação do crime. "Ainda não sabemos se foi uma tentativa de latrocínio ou homicídio. Um dos suspeitos está identificado, mas ainda estamos à procura de mais dois”, ressaltou.  

Segundo o delegado, eles pretendem conversar com a vítima, para saber se ela conhece os acusados. "Estamos aguardando o estado de saúde dela melhorar para conseguirmos mais informações”, frisou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade