Publicidade

Correio Braziliense

Feminicídio: filho mata mãe com golpes na cabeça em Taguatinga

O suspeito foi preso próximo à residência da família e não resistiu à abordagem policial


postado em 20/08/2019 11:27 / atualizado em 20/08/2019 15:47

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito teria matado a vítima com golpes na cabeça dentro de casa. (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito teria matado a vítima com golpes na cabeça dentro de casa. (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Uma mulher foi assassinada pelo próprio filho na QNL 28, em Taguatinga, na manhã desta terça-feira (20/8). Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito teria matado a vítima com golpes na cabeça dentro de casa. 

Vizinhos da família acionaram os militares, que encontraram o acusado próximo a residência onde ocorreu o crime. Segundo a PM, ele andava tranquilamente na rua e não resistiu à prisão. Testemunhas informaram que o suspeito teria transtornos psiquiátricos. 

O caso foi registrado na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro). O delegado Josué Ribeiro disse que o homem é um velho conhecido da polícia pelas diversas tentativas de fuga do Hospital Pronto Atendimento Psiquiátrico (HPAP), em Taguatinga. Além disso, ele ia várias vezes até a unidade policial para registrar ocorrências que nem ele mesmo sabia explicar.
 
A Polícia Civil investiga o que motivou o crime. Segundo o delegado, o homem chegou na 12ª DP todo ensanguentado e cantando o Hino Nacional bem alto e está sendo ouvido. De acordo com a Polícia Civil, ele será autuado por feminicídio. Após ser ouvido na delegacia, ele será encaminhado para a carceragem da corporação e, posteriormente, será decidido se ele vai para a ala psiquiátrica no presídio feminino, no Gama. 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade