Publicidade

Correio Braziliense

Três restaurantes comunitários vão fechar para reformas no DF

Restaurantes de São Sebastião, Estrutural e Ceilândia vão passar por obras como restauração das partes elétrica e hidráulica, troca do piso e ajustes de acordo com orientações da Vigilância Sanitária


postado em 22/08/2019 08:17 / atualizado em 22/08/2019 08:18

Em Ceilândia, as reformas acontecem de 12 a 28 de setembro(foto: Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press)
Em Ceilândia, as reformas acontecem de 12 a 28 de setembro (foto: Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press)
 
Três restaurantes comunitários do Distrito Federal vão ficar fechados para reforma. As mudanças serão nas unidades de São Sebastião, Estrutural e Ceilândia, em datas diferentes. As obras prevêem restauração das partes elétrica e hidráulica, troca do piso e ajustes de acordo com orientações da Vigilância Sanitária.

O primeiro a ser fechado temporariamente é o restaurante de São Sebastião, que ficará inativo a partir desta quinta-feira (22/8) e volta a abrir em 9 de setembro. Na Estrutural, o local fica fechado entre os dias 26 de agosto a 9 de setembro. Já em Ceilândia, as reformas acontecem de 12 a 28 de setembro.

Atualmente, outros dois restaurantes passam por obras de melhorias, os de Paranoá e Sobradinho 2, que voltam a abrir na próxima semana, sem data definida. De acordo com o Governo do Distrito Federal, as unidades de Planaltina, Recanto das Emas, Itapoã e Riacho Fundo II já receberam equipes de reparo e foram reabertas.

"Ainda no primeiro semestre, passaram por pequenas obras as unidades de Ceilândia, Sol Nascente, Gama, Sobradinho e Itapoã com limpeza interna e revitalização dos equipamentos. Até o fim do ano, todos os 14 restaurantes comunitários do DF vão passar por reparos. As intervenções em cada um vão custar cerca de R$ 100 mil", divulgou o GDF, em nota oficial. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade