Publicidade

Correio Braziliense

7 de Setembro também foi palco para população mostrar descontentamento

Alguns dos presentes usaram roupas na cor preta para protestar contra políticas do governo Federal, especialmente aquelas voltadas para a educação e meio ambiente


postado em 07/09/2019 10:20 / atualizado em 08/09/2019 08:51

O comunicador Mário Junior, 37, morador de Águas Claras: roupa preta contra políticas de educação e meio ambiente(foto: Thiago Cotrim/CB/D.A Press)
O comunicador Mário Junior, 37, morador de Águas Claras: roupa preta contra políticas de educação e meio ambiente (foto: Thiago Cotrim/CB/D.A Press)
O desfile de 7 de Setembro levou centenas à Esplanada dos Ministérios. A maioria das pessoas usavam as cores do Brasil ou atendendo ao chamado do presidente Jair Bolsonaro ou, simplesmente, pela tradição de se vestir nos tons da bandeira. Mas também houve quem optasse pelo preto por discordar das políticas do presidente. 

É o caso do comunicador Mário Junior, 37, morador de Águas Claras, foi de preto em protesto contra o governo. "Eu vim pra mostrar que, apesar existir toda essa lua de mel com o presidente, também há um certo descontentamento. Não vim aqui para brigar ou arrumar confusão, mas para defender as pautas da educação e da preservação ambiental", ponderou.
 
Estudante do doutorado da Universidade de Brasília, Amanda Casé, 32 anos, optou por uma blusa laranja e falou sobre a contrariedade dela com a política de Bolsonaro para a área de educação. 
 
A expectativa é de que cerca de 20 mil pessoas compareçam na Esplanada. O desfile começou às 9h e deve terminar às 11h. A partir de 8h30, as arquibancadas já estavam lotadas. Quem não conseguiu um espaço no local privilegiado, reclamou. 
 
Homem segura criança para tentar ver o desfile pela fresta do alambrado de metal(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Homem segura criança para tentar ver o desfile pela fresta do alambrado de metal (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
O jeito foi se posicionar em frente aos telões ou tentar dar uma espiadinha pelas frestas do alambrado de metal e até de cima das árvores.  

Assim que fez sua primeira aparição, o presidente da República Jair Bolsonaro foi aplaudido em certos pontos da arquibancada ao som da palavra "mito". Ele chegou em carro aberto acompanhando do filho, Carlos Bolsonaro. 
 
Ver galeria . 15 Fotos Ana Rayssa/CB/DA Press
(foto: Ana Rayssa/CB/DA Press )
 
*Estagiário sob a supervisão de Adriana Bernardes  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade