Publicidade

Correio Braziliense

Fogo no Parque de Águas Claras se transformou em incêndio subterrâneo

Os bombeiros controlaram o incêndio florestal por volta de 12h15 e explicaram que o combate se tornou mais lento devido ao caráter subterrâneo da ocorrência


postado em 14/09/2019 15:05 / atualizado em 14/09/2019 15:17

Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio subterrâneo queima em profundidade, de forma lenta e com poucas chamas, porém com alta produção de fumaça(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio subterrâneo queima em profundidade, de forma lenta e com poucas chamas, porém com alta produção de fumaça (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
novo incêndio florestal que atingiu o Parque Ecológico de Águas Claras, na manhã deste sábado (14/9) começou às 6h30 e foi controlado pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) por volta de 12h15. A área queimada ainda não foi mensurada. 

Segundo a corporação, que atendeu a ocorrência com quatro viaturas e 15 militares, as chamas atingiram uma região de mata densa, perto da Quadra 107, e evoluíram para um incêndio subterrâneo, que queima em profundidade, de forma lenta e com poucas chamas, porém com alta produção de fumaça. 



Os bombeiros explicaram que esse tipo de ocorrência requer um combate lento pois é necessário usar água em abundância para penetrar o solo e atingir o foco. Com o auxílio de 12 brigadistas do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), o CBMDF usou linhas de mangueiras das viaturas e bombas costais com água para chegar ao local de mata onde estava o fogo. 

Apesar do incêndio florestal estar controlado, os bombeiros vão manter uma guarnição fixa e viatura com água na região até as 18h. A corporação informa que o fogo não deixou vítimas e que as causas ainda são desconhecidas. 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade