Publicidade

Correio Braziliense

Semana Lago Limpo termina com 900 quilos de resíduos recolhidos

Adasa encerrou neste sábado (14/9) a 8ª edição da campanha


postado em 14/09/2019 19:15 / atualizado em 14/09/2019 19:18

Instrutores e mergulhadores durante a Semana Lago Limpo em 2013(foto: Thiago Rodrigues/Divulgação)
Instrutores e mergulhadores durante a Semana Lago Limpo em 2013 (foto: Thiago Rodrigues/Divulgação)

Nesta semana, o Lago Paranoá, um dos principais pontos turísticos e de lazer da capital, completou 60 anos. Com atrações infantis e demonstrações voltadas para a importância de práticas de sustentabilidade na preservação dos recursos hídricos, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) encerrou, neste sábado (14/9), a 8ª edição da Semana Lago Limpo.
 
O evento, que durou toda a manhã, movimentou a Praia Norte, antigo piscinão, e ofereceu atividades para toda a família. Teve participação de mergulhadores, demonstração de equipamentos da Marinha, oficinas e brincadeiras para crianças, orientação de educadores ambientais, exposição de maquetes, além de canoa havaiana, aulas de yoga e fit dance.
 
Em dois dias de ação, 40 reeducandos do Sistema Prisional do DF recolheram 900 quilos de resíduos sólidos das margens do Lago Paranoá.   
 
A Semana Lago Limpo é realizada por uma parceria de treze instituições. Entre elas, a Companhia Fluvial de Brasília, a Secretaria do Meio Ambiente, o Brasília Ambiental (Ibram), o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a Administração Regional do Lago Norte, a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), a Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe/SSP), a Polícia Militar do Distrito Federal, o Corpo de Bombeiros, a Universidade de Brasília (UnB), o Comitê de Bacia Hidrográfica do Paranaíba-DF, o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Movimento Ocupe o Lago.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade