Publicidade

Correio Braziliense

Área de visitas na Penitenciária da Papuda fica sem água durante dois dias

Segundo a SSP, a falta de água na Papuda ocorreu devido a ''sobrecarga no consumo'' e abastecimento já foi normalizado


postado em 14/09/2019 19:32 / atualizado em 14/09/2019 19:33

(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
Em meio a uma forte onda de calor e seca, o Complexo Penitenciário da Papuda sofreu falta de abastecimento de água, prejudicando detentos e familiares que foram fazer visitas nas últimas quarta e quinta-feiras (11 e 12/9).

De acordo com informações apuradas pelo Correio junto à Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), a falta de abastecimento atingiu alas comuns de visitação. Segundo a pasta, o problema ocorreu devido a uma "sobrecarga no consumo" e o abastecimento já foi normalizado. A assessoria da SSP-DF reforçou que não houve corte intencional.

Segundo a Companhia de Abastecimento de Água do DF (Caesb), o Complexo Penitenciário tem um sistema de abastecimento independente e próprio, e o nível dos reservatórios está normal. 
 

Denúncia

Em matéria publicada neste sábado (14/9) pelo portal G1, parentes de presos denunciaram a falta de água na penitenciária com vídeos e relatos. Eles informaram ainda que o problema teria alterado, inclusive, a rotina de visitas. 
 
As gravações mostram torneiras abertas e sem água, além de banheiros sujos com rejeitos secos. As imagens foram feitas na área aberta aos familiares que aguardavam a entrada na penitenciária. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade