Publicidade

Correio Braziliense

Fechando a temporada das cores, ipês-brancos dão o ar da graça

Brasilienses têm de correr se quiserem registrar a beleza da nova cor, de florada mais rápida e rara


postado em 16/09/2019 06:00 / atualizado em 16/09/2019 07:19

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Criando a ilusão de flocos de neve no auge da seca do Cerrado, os ipês-brancos começaram a florescer em Brasília. Eles chegam para competir com os amarelos, mais robustos. As duas espécies iniciaram as floradas juntas, mas a branca é mais rara e de menos tempo.

Segundo Raimundo Silva, chefe do Departamento de Parques e Jardins da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), as flores dos ipês-brancos duram de 3 a 5 dias. Eles se diferenciam pela capacidade de florir mais de uma vez, podendo chegar a três vezes. São 15 mil árvores do tipo espalhadas pela cidade, que podem abrir suas flores entre agosto e outubro.

Cor preferida da estudante Ana Clara Santos, 17 anos, o branco dá uma leveza para a cidade, ela acredita. “Eu e minha mãe somos apaixonadas. Toda vez que vejo, tiro foto, até fico alegre”, comenta a moradora de Ceilândia.

Alécio Almeida, 33, gosta dos ipês-brancos por serem mais raros. Morador da Candangolândia, o analista de sistemas defende que os ipês sejam mais distribuídos pelo território. “É uma característica de Brasília que deveria ser mais bem explorada. Eu sinto falta deles nas outras regiões administrativas.”

Já para Giovana Victória Nobre, 17, não tem discussão: os amarelos são os preferidos. Mas como moradora do Sudoeste desde que nasceu — uma das áreas com mais ipês no DF —, ela reconhece a beleza dos branquinhos. “Eu acompanho todo ano a floração deles. Dá uma alegria na cidade. Devia ter em todos os lugares.”

Brancos ou amarelos, os pontos de cor na cidade devem aumentar, como sugerem Alécio e Giovana. “A Novacap planeja plantar 20 mil ipês em todo o DF, 3 mil deles brancos”, afirma o chefe do Departamento de Parques e Jardins.

Paleta de cores


A próxima temporada será dos ipês-rosas, os últimos antes de as chuvas voltarem. A sequência de florada começa pelo roxo, seguido do amarelo, do branco e do rosa. Menos conhecido é o ipê-verde que floresce após o rosa, mas recebe pouca atenção por sua cor não se destacar tanto.

 

Ver galeria . 7 Fotos Emilly Behnke/CB/D.A Press
(foto: Emilly Behnke/CB/D.A Press )
 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade