Publicidade

Correio Braziliense

Polícia apura se faca achada em matagal foi usada para matar Pedrolina

Trabalhadores roçavam o mato quando encontraram a faca e avisaram a polícia. O objeto será periciado para avaliar se é a arma usada pelo assassino de Pedrolina Silva


postado em 19/09/2019 10:52 / atualizado em 19/09/2019 10:57

Faca foi encontrada por prestadores de serviços de um universidade (foto: PCDF/Divulgação )
Faca foi encontrada por prestadores de serviços de um universidade (foto: PCDF/Divulgação )
Uma faca foi encontrada perto do local onde o corpo da assistente social Pedrolina Silva, 50 anos, foi localizado. O objeto foi achado por prestadores de serviço de uma universidade enquanto eles cortavam o mato do local, no Setor de Clubes Esportivos Sul, nesta quarta-feira (19/9). A polícia vai apurar se o objeto é o mesmo usado para tirar a vida de Pedrolina.  

O corpo de Pedrolina foi encontrado em na L4 Sul, em um matagal às margens do Lago Paranoá, em 1º/9. Ela marcou encontro com amigas em uma parada de ônibus na L4 Sul e desapareceu. As imagens de segurança registraram o momento em que ela era atacada por um homem, que a arrastou para uma área fora do alcance da câmera. 

Poucos dias depois de localizar o corpo de Pedronlina, a polícia prendeu João Marcos da Silva Pereira, 20 anos, por tentativa de abuso sexual contra uma mulher no Lago Sul. Ele, então, confessou ter matado a assistente social. Assim como Pedrolina, o acusado morava no Paranoá Park e uma denúncia anônima informou que ele assediava a vítima

Nesta terça-feira (17/9), a polícia confirmou, após a finalização da perícia no corpo de Pedrolina, que ela foi morta por esgorjamento, ou seja lesões de objetos cortantes. Os resultado da análise ainda indicou vestígios de conjugação canal próximo à data da morte dela. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade