Publicidade

Correio Braziliense

Número de motoristas dirigindo alcoolizados aumenta 60% em 2019

Até setembro deste ano, a PRF flagrou 1,1 mil condutores embriagados nas vias que cortam o DF e Entorno. Número já é maior que o registrado em todo o ano passado


postado em 04/10/2019 17:44 / atualizado em 04/10/2019 17:45

Dirigir sob efeito de álcool é crime. O motorista flagrado pode ser preso e ter a habilitação suspensa(foto: Divulgação / PRF)
Dirigir sob efeito de álcool é crime. O motorista flagrado pode ser preso e ter a habilitação suspensa (foto: Divulgação / PRF)
Flagrantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostram que o número de casos de motoristas dirigindo embriagados nas rodovias que cortam o Distrito Federal e Entorno, de janeiro a setembro deste ano, aumentou 61,35% em relação ao mesmo período do ano passado. Um levantamento da corporação revelou que, em 2019, houve 1.123 casos e 169 pessoas detidas por misturar álcool e volante.
 
De janeiro a setembro de 2018, a PRF registrou 696 ocorrências e prendeu 103 pessoas. O somatório de todo o ano é de 1.060 flagrantes e 150 detidos, menos do que o já registrado em 2019. O último trimestre também mostra o aumento. De julho a setembro, 87 condutores foram detidos, e os policiais flagraram 583 casos. Em igual período do ano passado, o número foi de 248 ocorrências e 42 motoristas detidos.
 
Apenas no último fim de semana, a PRF flagrou 85 condutores dirigindo sob efeito de álcool. Desses, sete precisaram ser detidos. Segundo os dados da corporação, em 2018, a embriaguez ao volante foi a segunda causa principal de acidentes nas rodovias do DF e Entorno. 
 
Dirigir sob efeito de álcool é crime e a pena varia de seis meses a três anos de prisão, além de multa de quase R$ 3 mil e proibição ou suspensão do direito de dirigir. A infração é gravíssima e, em caso de reincidência, a habilitação é cassada.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade