Publicidade

Correio Braziliense

Em 2 horas, Detran e PM flagram 41 condutores alcoolizados em Taguatinga

A multa para os motoristas que cometem a infração é de R$ 2.934,70. Em caso de reincidência em até 12 meses, a multa é dobrada


postado em 14/10/2019 10:36 / atualizado em 14/10/2019 11:06

Durante a operação, os agentes flagraram 11 condutores inabilitados e recolheram 18 veículos (foto: Divulgação/Detran)
Durante a operação, os agentes flagraram 11 condutores inabilitados e recolheram 18 veículos (foto: Divulgação/Detran)
Operação conjunta entre o Departamento de Trânsito (Detran) e a Polícia Militar resultou na autuação de 41 condutores alcoolizados. Em apenas duas horas, os militares e os agentes de trânsito flagraram o expressivo número de motoristas em Taguatinga, próximo à região de pesque-pague.  

Durante a operação, batizada de Último gole, os agentes de trânsito também flagraram 11 condutores inabilitados e recolheram 18 veículos ao depósito do Detran. Além disso, um veículo com registro de roubo ou furto foi recuperado.  

Ao todo, 45 profissionais, 19 veículos, uma aeronave e cinco guinchos do Detran participaram da operação. De acordo com o órgão, a ação tem objetivo de evitar que condutores alcoolizados coloquem em risco a segurança no trânsito.  

O que diz a lei 

O Código de Trânsito Brasilieiro prevê que dirigir sob influência de álcool é considerado infração gravíssima. Quem for pego com níveis acima de 0,3 mg/litro pode ser preso, ter o veículo retido e a Carteira Nacional de Habilitação suspensa por um ano. 

A multa para os motoristas que cometerem a infração é de R$ 2.934,70. Em caso de reincidência em até 12 meses, a multa é dobrada e alcança o valor de R$ 5.869,40. Em 2019, a Lei nº 11.705, conhecida como Lei Seca, completou 11 anos. 
 
Levantamento do Detran, mostra que entre janeiro e novembro de 2018, 260 pessoas morreram em acidentes de trânsito no DF. Do total, 110 vítimas, mais de 40%, apresentaram resultado positivo para uso de álcool ou drogas.
 
Das 110 vítimas, 37 consumiram somente bebida alcoólica, 49 drogas e 24 as duas substâncias. Dos acidentes, 11 eram pedestres, seis condutores de automóveis, cinco motociclistas, um ciclista e um passageiro.   

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade