Publicidade

Correio Braziliense

Polícia prende acusada de aplicar golpes em contratos de alugueis

Estelionatária foi presa nesta terça-feira (15/10) no Park Sul e tem dois mandados de prisão


postado em 16/10/2019 11:54 / atualizado em 16/10/2019 13:48

Mulher por agente das 8ªDP (SIA)(foto: Daniela Santiago/Esp. CB/D.A Press)
Mulher por agente das 8ªDP (SIA) (foto: Daniela Santiago/Esp. CB/D.A Press)
Agentes da 8ª Delegacia de Polícia (SIA) prenderam, na tarde desta terça-feira (15/10), uma suposta arquiteta acusada de firmar contratos fraudulentos de aluguel e não pagar os locatários. Cristina Lima Sandy, autora dos estelionatos, foi localizada no Park Sul e possuía dois mandados de prisão preventiva em seu nome.

De acordo com a Polícia Civil, ela se passava por funcionária de uma empresa multinacional e continuava praticando golpes, mesmo após ser denunciada por estelionato, em agosto do ano passado, pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

De acordo com a denúncia do MPDFT, a mulher atuava de maneira semelhante em todos os casos: firmava um contrato de aluguel fraudulento, com uso de documentos falsos. Quando as cobranças chegavam, ela se esquivava, inclusive afirmando que já havia feito o pagamento. Depois desaparecia. 

Após ser localiza nesta terça-feira (15/10) pela Polícia Civil, Cristina Lima Sandy foi encaminhada ao Sistema Prisional.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade