Publicidade

Correio Braziliense

Polícia investiga morte de mulher em frente a unidade de saúde

Mulher foi à Unidade Básica de Saúde do Riacho Fundo 2 para fazer um curativo e caiu morta em frente ao local depois do atendimento. Secretaria de Saúde disse que tem prestado assistência à família


postado em 17/10/2019 21:32 / atualizado em 17/10/2019 21:32

29ª DP está investigando o caso(foto: Reprodução/Google Maps)
29ª DP está investigando o caso (foto: Reprodução/Google Maps)
A Polícia Civil do Distrito Federal investiga a morte de uma mulher de 46 anos atendida na Unidade Básica de Saúde do Riacho Fundo 2. A paciente havia procurado a unidade para fazer um curativo e acabou morrendo em frente à UBS após o atendimento, na quarta-feira (16/10). 

Segundo a Secretaria de Saúde, a mulher fez uma cirurgia de hérnia epigástrica e sub umbilical em 26 de agosto, no Hospital Regional do Gama (HRG), e, desde então, vinha apresentando complicações no pós-operatório. Um mal-estar teria feito a paciente voltar várias vezes ao hospital. Na quarta-feira, na unidade de saúde do Riacho Fundo, foi identificada uma infecção no local da cirurgia. "A equipe solicitou à paciente que aguardasse para encaminhamento ao hospital, mas a mesma decidiu não esperar”, informou a secretaria por meio de nota oficial. 

A mulher morreu em frente ao posto médico. Ela ainda foi socorrida e encaminhada para o interior da unidade. Equipes da UBS e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) tentaram reanimá-la por aproximadamente 50 minutos. 

A Secretaria de Saúde disse que “se solidariza com a família e amigos e informa que está dando toda a assistência possível para minimizar o sofrimento neste momento difícil”. O caso está sendo investigado pela 29ª Delegacia de Polícia (Riacho Fundo).  







Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade