Publicidade

Correio Braziliense

Considerado desaparecido, motorista de aplicativo telefona para amigo

Márcio da Silva estava sumido há mais de 20 horas. Nesta quarta-feira (23/10), ele entrou em contato com um amigo e contou que estava em Minas Gerais


postado em 23/10/2019 15:37 / atualizado em 23/10/2019 15:56

Márcio é motorista de aplicativo e sumiu após dizer à ex-mulher que trabalharia durante a noite(foto: Arquivo pessoal)
Márcio é motorista de aplicativo e sumiu após dizer à ex-mulher que trabalharia durante a noite (foto: Arquivo pessoal)
Os dias de angústia dos amigos e familiares de Márcio da Silva, 42 anos, chegaram ao fim. Nesta quarta-feira (23/10), o motorista de transporte por aplicativo, considerado desaparecido há mais de 20 horas, telefonou para um amigo, o porteiro Maycon Carvalho, 36. Ele afirmou que estava em Minas Gerais, mas voltará para Brasília em breve. 

O motorista estava desaparecido desde a tarde de terça-feira (22/10). O amigo disse que Márcio saiu do Distrito Federal porque precisava se distrair, mas acabou ficando incomunicável. "Ele contou que resolveu sair sozinho, para dar uma espairecida. Pegou o carro, saiu dirigindo e foi para Minas Gerais, onde parece que tem um parente, mas acabou se perdendo e ficando sem sinal no celular", relatou Maycon. 

Márcio informou ao colega que só nesta quarta-feira (23/10) conseguiu sinal para entrar em contato. Ele acrescentou que estava a caminho da capital federal, a cerca de 500km de Brasília. 

Entenda o caso


Márcio sumiu depois de deixar a ex-mulher em casa, no Setor Oeste da Estrututal. De lá, ele seguiu para o Riacho Fundo, onde mora. O motorista chegou a entrar em contato com a ex-mulher às 17h40 de terça-feira (22/10), afirmando que trabalharia dirigindo durante a noite.

Por volta das 18h, Maycon Carvalho estranhou não conseguir mais falar com o amigo, que não visualizava mensagens e estava com o celular desligado. Preocupada com a falta de notícias, a família registrou ocorrência na 8ª Delegacia de Polícia (SIA).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade