Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: Moradores de Taguatinga e do Lago Oeste registram chuva de granizo

Mudança no tempo provocou queda de energia em regiões como Águas Claras e Esplanadas dos Ministérios. Estações do metrô também apresentaram problemas durante a tarde


postado em 23/10/2019 16:21 / atualizado em 23/10/2019 16:32



A chuva chegou com força no Distrito Federal nesta semana. Na tarde desta quarta-feira (23/10), moradores do Lago Oeste e de Taguatinga registraram queda de granizo nas duas cidades (veja vídeo). Enquanto isso, em áreas como Esplanda dos Ministérios e Águas Claras, a população ficou temporariamente sem energia.


 
Devido à previsão de precipitações intensas, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu sinal de alerta. O meteorologista Olívio Bahia destacou que as chuvas desta tarde podem gerar transtornos na cidade. "A atmosfera está quente, e a umidade bastante instável é propícia para a formação do tipo de nuvem que se desenvolve verticalmente. Ela (a chuva) começa fraca e vai ganhando força ao longo do dia”, explicou. 

O especialista acrescentou que essas nuvens estão associadas a raios, trovões, rajadas de vento e, em alguns momentos, granizo. “Elas são do tipo que podem provocar transtornos à população, por isso, a emissão do alerta”, ressaltou.

Ventania


Vento derruba cerca de obra em cima de carro, em Taguatinga Centro(foto: CBMDF/Divulgação)
Vento derruba cerca de obra em cima de carro, em Taguatinga Centro (foto: CBMDF/Divulgação)
 No aviso, o Inmet ressaltou que há possibilidade de chover até 50 milímetros ao longo do dia e que os ventos podem chegar a 60 km/h. Nesses casos, a orientação é se abrigar da chuva e evitar ficar embaixo de árvores e perto de objetos de metal. 

No viaduto na entrada de Taguatinga Centro, as rajadas de vento derrubaram parte dos tapumes de uma obra executada no local. O isolamento, formado por telhas de zinco, atingiu um carro que passava pela via. Apesar do susto, ninguém se feriu.

Os transtornos também afetaram passageiros do metrô. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informou que, às 14h30, a circulação de trens teve de ser interrompida devido a problemas no fornecimento de energia pela Companhia Energética de Brasília (CEB). Algumas estações ficaram inoperantes, mas equipes técnicas atuam para normalizar o serviço.

Alertas pelo celular


A Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil envia alertas à população com base nas previsões meteorológicas. Para se cadastrar na lista de recebimento, os interessados devem enviar, por SMS, o número do CEP de onde moram para o telefone 40199.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade