Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Civil identifica mãe de bebê abandonada em Taguatinga

Jovem de 17 anos teria escondido a gestação da família, alegando que ganhava peso por causa de um tratamento para asma, à base de corticoide


postado em 08/11/2019 20:33 / atualizado em 08/11/2019 22:52

Agentes da 12ª Delegacia de Polícia identificaram a mãe da bebê abandonada(foto: Bruno Peres/CB/D.A. Press. )
Agentes da 12ª Delegacia de Polícia identificaram a mãe da bebê abandonada (foto: Bruno Peres/CB/D.A. Press. )
A 12ª Delegacia de Polícia identificou, na tarde da última quinta-feira (7/11), a mãe da recém-nascida abandonada em uma calçada na QNB 13, em Taguatinga, em 31 de outubro. Após a análise de imagens de circuitos de segurança, os policiais chegaram até a suspeita de abandonar a criança, uma adolescente de 17 anos. 
 
A jovem teria escondido a gestação da família, alegando que ganhava peso por causa de um tratamento para asma, à base de corticoide. Segundo os investigadores, a adolescente entrou em trabalho de parto em casa, deu à luz sozinha e, logo em seguida, saiu com a bebê em uma sacola de papelão.
 
Após ser deixada pela mãe, a criança foi encontrada por pedestres e encaminhada ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). A recém-nascida ganhou o nome de Maria dos profissionais da unidade hospitalar. Ela recebeu alta no início desta semana e está sob a guarda da Vara da Infância e da Juventude. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade