Publicidade

Correio Braziliense

Moradores de Vicente Pires protestam por melhorias na Rua 7

Por cerca de uma hora, moradores bloquearam acessoa Rua 7 em forma de reivindicação pela conclusão das obras da cidade


postado em 11/11/2019 10:39 / atualizado em 11/11/2019 10:39

Protesto ocorreu na manhã desta segunda-feira (11/11). Polícia Militar (PMDF) compareceu ao local(foto: Arquivo Pessoal)
Protesto ocorreu na manhã desta segunda-feira (11/11). Polícia Militar (PMDF) compareceu ao local (foto: Arquivo Pessoal)
Moradores de Vicente Pires se reuniram em protesto na manhã desta segunda-feira (11/11) por melhorias na cidade. Com faixas estampadas com frases de protesto, os participantes bloquearam a Rua 7 por cerca de uma hora, entre as 6h e as 7h. A Polícia Militar (PMDF) compareceu ao local.

A população reivindica a conclusão da obra de infraestrutura na região, quem vem sofrendo com a volta do período de chuva. Segundo moradores, as obras na Rua 7 estão paradas. "Eles abriram para colocar a manilhas, mas perto da chuva as obras pararam. A rua 4 está com o mesmo problema", reclama o vigilante João Batista Fernandes Cardia, 48. 

O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou neste ano um pacote de obras para melhorias em Vicente Pires. As intervenções incluem a instalação de sistemas de drenagem de água e esgoto, a colocação de bocas de lobo e a pavimentação de ruas e calçadas. O investimento em obras na região, está previsto em R$ 462 milhões. 

A previsão do GDF é que as obras sejam concluídas em 2020. Até setembro, foram asfaltados 142.413 metros quadrados de ruas e avenidas e 49.843 metros quadrados de condomínios e chácaras. Já ganharam pavimentação, parcial ou integral, as ruas 3, 3B, 3C, 4, 4B, 6, 7, 8, 10, segundo a Secretaria de Obras e Infraestrutura. 

Nota da administração

Por meio de nota oficial, a Administração Regional de Vicente Pires ressaltou que a empresa responsável (JM) paralisou os trabalhos para receber serviços executados na gestão passada e que não tem contrato vigente. “São um total de 700 metros que já tem drenagem pronta e falta a pavimentação asfáltica. A manifestação foi pacífica, a polícia militar ajudou na sinalização da via que ficou paralisada apenas uma faixa da rua”, ressaltou o texto. Ainda de acordo com administração, o trânsito não ficou paralisado totalmente, mas sofreu interrupções no fluxo.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade