Publicidade

Correio Braziliense

PRF autua cadeirante que foi do DF à Bahia em carro com 'pedais' no volante

Motorista, que perdeu os movimentos da perna depois de um acidente, não tinha carteira de habilitação. Carro acumulava mais de R$ 2 mil em multas


postado em 12/11/2019 16:44 / atualizado em 13/11/2019 21:01

Homem contou que trabalha como mecânico e ele mesmo adaptou o veículo(foto: Divulgação/PRF)
Homem contou que trabalha como mecânico e ele mesmo adaptou o veículo (foto: Divulgação/PRF)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, na tarde do último domingo (10/11), um cadeirante que não tem o movimento das pernas e, mesmo assim, dirigiu mais de 500 Km. O homem, que saiu de Brasília, só parou ao ser abordado no município de Luís Eduardo Magalhães, na Bahia.

O homem conduzia um Renault Clio com placa de Brasília. Aos policiais, ele contou que trabalha como mecânico e que criou os mecanismos para controlar freios, embreagem e acelerador com as mãos. Os 'pedais' do veículo ficavam logo abaixo do volante.

Além de estar em um carro que não era devidamente adaptado, o condutor também não tinha carteira de habilitação. O veículo, por sua vez, estava com o licenciamento vencido e acumulava mais de R$ 2 mil em multas.
 
Veículo foi apreendido e o condutor liberado depois de receber orientações sobre trânsito(foto: Divulgação/PRF)
Veículo foi apreendido e o condutor liberado depois de receber orientações sobre trânsito (foto: Divulgação/PRF)
 

O motorista disse que perdeu a mobilidade das pernas depois de um acidente de trânsito, sofrido há alguns anos, no Maranhão. Contou, ainda, que estava indo a Luís Eduardo Magalhães para resolver questões pessoais.

O carro foi apreendido. O homem foi liberado depois de receber orientações sobre conduta no trânsito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade