Publicidade

Correio Braziliense

Em audiência pública, Câmara Legislativa debate violência intrafamiliar

Evento reunirá representantes de órgãos públicos e da sociedade civil organizada para discutir iniciativas de conscientização do público masculino a respeito da violência doméstica


postado em 20/11/2019 22:23 / atualizado em 21/11/2019 00:20

Câmara Legislativa (CLDF) realiza, nesta quinta-feira (21/11), audiência pública sobre o papel do homem no combate à violência intrafamiliar(foto: Divulgação/Deputada Júlia Lucy)
Câmara Legislativa (CLDF) realiza, nesta quinta-feira (21/11), audiência pública sobre o papel do homem no combate à violência intrafamiliar (foto: Divulgação/Deputada Júlia Lucy)
A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) realiza, nesta quinta-feira (21/11), às 10h, audiência pública para debater o papel do homem no combate à violência intrafamiliar. O objetivo é reunir representantes de órgãos públicos e da sociedade civil organizada para discutir iniciativas de conscientização do público masculino a respeito da violência doméstica.

Propositora da audiência, a deputada distrital Júlia Lucy (NOVO) chama a atenção para a inclusão dos homens na discussão sobre os crimes de gênero. “A gente vive esse cenário gravíssimo de violência contra a mulher. Os indicadores são cada vez maiores. Aí surge o questionamento. E os homens? Quem está conversando com eles? O que podemos fazer para alterar esse comportamento?”, questiona a parlamentar.

A audiência contará com representantes da Defensoria Pública, Polícia Civil e das organizações Laço Branco e Homens Essenciais, que promovem iniciativas voltadas ao público masculino, com o objetivo de reduzir a violência doméstica. 

Serviço

Audiência Pública - O papel do homem no combate à violência intrafamiliar
 
Data: 21/11 
Local: Plenário da CLDF
Horário: 10h
Inscrição (Pessoas interessadas em participar da audiência podem ser inscrever preenchendo o cadastro disponibilizado pela deputada Júlia Lucy): Cadastre-se aqui

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade