Publicidade

Correio Braziliense

Sexta-feira amanhece com chuva em todo o DF e máxima deve ficar em 27º C

Precipitações acompanhadas de trovoadas devem ocorrer entre a tarde e a noite. O fenômeno continua pelo fim de semana


postado em 22/11/2019 07:38 / atualizado em 22/11/2019 08:32

O tempo fica nublado, com o Sol entre nuvens(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
O tempo fica nublado, com o Sol entre nuvens (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
A sexta-feira (22/11) começou com registro de chuva em diversas regiões do Distrito Federal. Para quem precisou despertar cedo para trabalhar, teve que lutar contra a preguiça e o frio. Para sair de casa e encarar o dia, casaco, cachecol e guarda-chuva na mão. É assim que o brasiliense precisa se preparar pelo menos, até a próxima quarta-feira (27), pois as precipitações vão se manter, conforme previsão Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A mínima de hoje ficou em 17.4º C em todo o DF, ainda pela madrugada. A temperatura se manteve até as 3h, quando esquentou um pouquinho mais, alcançando os 18º C, que continua agora pela manhã. Ao longo do dia, a máxima está prevista em 27º C, como esclarece o meteorologista Olívio Bahia.  

“O tempo permanece nublado, com algumas aberturas de sol, mas algo bem tímido. Se o astro continuar aquecendo, pelo menos, por 30 minutos, já temos a possibilidade de que se esquente mais, chegando até 30º C. Mas, se a chuva continuar ao longo do dia, continuará mais frio,” explica o especialista. 

Com as precipitações, o brasiliense pode aproveitar para respirar sem sofrimento. A umidade máxima do ar varia de 45% a 95%. E, para quem tinha planos de aproveitar o fim de semana com atividades ao ar livre, precisa repensar antes de colocar o pé na rua. 

“A média histórica de novembro é 226.9 milímetros. Até hoje de manhã, contabilizamos 181.7 mm de chuva. Tudo indica que as precipitações continuam, superando a expectativa deste mês. O fenômeno registrado nos últimos dias está associado à massa quente, úmida e instável, que se mantém nos próximos dias. Ficamos com aquela chuva mais fraca pela manhã e, após o calor da tarde, haverá a formação de nuvens carregadas. Por isso, é comum que as precipitações mais significativas ocorram pela tarde, acompanhadas de trovoadas,” acrescenta Bahia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade