Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Militar inicia operação de fim de ano, com reforço no efetivo

Serão cerca de 750 policiais a mais de segunda-feira a sexta-feira e 1.500 nos fins de semana. Reforço segue nas ruas até 10 de janeiro


postado em 05/12/2019 16:49 / atualizado em 05/12/2019 16:55

Operação PIN: aumento do contingente policial para as festas de fim de ano (foto: Geovana Oliveira/Esp. CB/D.A Press)
Operação PIN: aumento do contingente policial para as festas de fim de ano (foto: Geovana Oliveira/Esp. CB/D.A Press)
A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) deu início hoje, oficialmente, à Operação PIN — Policiamento de Intensificação Natalina. Inicialmente, a operação trabalha com escala de serviço voluntário do efetivo e visa a ampliação do policiamento ostensivo no período de fim de ano. Caso não seja possível a captação para o regime voluntário, serão realizadas escalas de serviço especial.
 
O Coronel Agrício da Silva, chefe do Departamento Operacional da PMDF, explica que o objetivo da operação é intensificar o policiamento em todas as áreas comerciais e bancárias. “Nesta época, a população procura mais o comércio para compras de final de ano. Além de buscarem, também, mais as agências bancárias. Então a finalidade é intensificar o policiamento ostensivo, através do policiamento preventivo, para garantir a segurança da comunidade", justifica.
 
Segundo a PMDF, serão cerca de 750 policiais a mais de segunda-feira a sexta-feira e 1.500 nos fins de semana. O contingente será dividido para todas as regiões administrativas. A operação vai até 10 de janeiro.
  

Dicas de segurança

Coronel Agrício da Silva, chefe do Departamento Operacional da Polícia Militar do Distrito Federal dá dicas de segurança(foto: Geovana Oliveira/Esp. CB/D.A Press)
Coronel Agrício da Silva, chefe do Departamento Operacional da Polícia Militar do Distrito Federal dá dicas de segurança (foto: Geovana Oliveira/Esp. CB/D.A Press)
O Coronel Agrício da Silva reforça que a população deve estar atenta e dá algumas dicas para evitar furtos e assaltos: 

 

- Evitar sacar, em agencias bancárias, valores altos de uma vez só; 

- Evitar passar senhas ou códigos bancários; 

- Estar atento às localidades de saque, visando proteger-se do golpe “saidinha de banco”; 

- Manter-se atento às sacolas de compras;

- Atenção em estacionamentos.  

 
*Estagiária sob supervisão de Fernando Jordão 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade