Publicidade

Correio Braziliense

PCDF divulga imagens de como desaparecidos estariam atualmente

Laboratório de Representação Facial Humana do Instituto de Identificação utiliza técnica para simular a aparência atual de pessoas não encontradas


postado em 05/12/2019 18:43 / atualizado em 05/12/2019 18:44

Fotos realçam progressão de idade (foto: Reprodução/PCDF)
Fotos realçam progressão de idade (foto: Reprodução/PCDF)
Na tentativa de localizar pessoas que desapareceram na capital, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) divulgou, nesta quinta-feira (5/12), projeções que mostram como esses desaparecidos estariam atualmente. A divulgação das imagens com a progressão de idade ao público tem como objetivo incentivar a colaboração das pessoas que tenham informações que possam auxiliar as investigações.

 

As imagens estão disponíveis no site da PCDF. O Laboratório de Representação Facial Humana do Instituto de Identificação utiliza uma técnica da Representação Facial Humana, cujo resultado tem a intenção de demonstrar como seria a aparência atual de uma pessoa após um grande período de seu desaparecimento.

 

O procedimento de crescimento e envelhecimento facial é aplicado em imagens de pessoas que tenham desaparecido há pelo menos três anos, quando se tratar de crianças, ou há cinco anos quando os desaparecidos forem adolescentes ou adultos.

 

Em casos de crianças, a progressão de idade é de fundamental importância, pois com o passar dos anos, os rostos sofrem modificações provocadas pelo processo natural de crescimento facial.

 

A Polícia pede que, quem tiver alguma informação, ligue para o Disque Denúncia, no número 197.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade