Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: Cratera na 709/909 Sul pode crescer se chover, diz Defesa Civil

Apesar do risco de ampliação do buraco com a chuva, a Defesa Civil liberou o funcionamento de prédios vizinhos. Ainda assim, alguns lojistas não quiseram arriscar e suspenderam o atendimento


postado em 11/12/2019 09:40 / atualizado em 11/12/2019 09:53

Equipes da Caesb e da empresa responsável pela obra onde um deslizamento engoliu quatro carros para traçar estratégias de recuperação do local (foto: Ed Alves/CB.DA.Press)
Equipes da Caesb e da empresa responsável pela obra onde um deslizamento engoliu quatro carros para traçar estratégias de recuperação do local (foto: Ed Alves/CB.DA.Press)
A cratera que engoliu o asfalto e quatro carros na 709/909 Sul, na tarde de terça-feira (10/12) fez com que comerciantes na região suspendessem o atendimento ao público na manhã desta quarta-feira (11/12). Mesmo após a Defesa Civil atestar a inexistência de risco à estrutura dos prédios vizinhos, muitos estabelecimentos amanheceram fechados. 

Dona de um studio de estética no Edifício Fape, localizado ao lado de onde houve deslizamento, Adelaide Roque cancelou a agenda. "Cancelei por prudência, até para preservar os próprios clientes", relata a esteticista que estava trabalhando na hora do incidente. "Foi um susto enorme. Fiquei nervosa, meu  primeiro  pensamento  foi  se alguém  tinha se machucado", destaca ela que ainda está com receio de abalos na estrutura do prédio onde trabalha. 

O coronel da Defesa Civil Sérgio Bezerra explica que não houve abalo em nenhum prédio vizinho. "Foi feita a avaliação hoje pela manhã (11/12) e não há riscos. Apenas o estacionamento foi interditado para não ter tanto impacto nas proximidades da cratera". De acordo com a Defesa Civil há a risco de a cratera aumentar se chover muito forte, mas não a ponto de atingir outras estruturas.
 
E chuva é uma possibilidade forte para esta quarta-feira (11/12), segundo a previsão do tempo feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). No Distrito Federal, a expectativa é de pancadas de chuva e trovoada no fim da tarde. 

Reparos

Um tapume também foi colocado cercando a região afetada. Uma equipe da Caesb está no local para interromper a ligação da rede de esgoto do Edifício Fape para evitar complicações na obra de recuperação do buraco aberto. A equipe técnica fará o uso de aparelhos de sucção para auxiliar no trabalho de captação do esgoto.

Equipes da D&B Construtora e Incorporadora, responsável pela obra, estão no local para fazer a cortina de contenção do buraco aberto. Ainda não há informações sobre quando e como os carros serão retirados do buraco. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade