Publicidade

Correio Braziliense

Corpo do jornalista Ronaldo Junqueira será velado nesta quinta-feira

A cerimônia fúnebre está marcada para as 9h30, no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. O sepultamento será às 11h30


postado em 11/12/2019 19:12 / atualizado em 11/12/2019 19:13

Junqueira lutava contra problemas neurológicos, diabetes e hipertensão. Ele deixa quatro filhos(foto: Rafael Ohana/CB/D.A Press)
Junqueira lutava contra problemas neurológicos, diabetes e hipertensão. Ele deixa quatro filhos (foto: Rafael Ohana/CB/D.A Press)
Familiares, amigos e conhecidos de Ronaldo Junqueira se reúnem na manhã desta quinta-feira (12/12) para dar o último adeus ao jornalista. O velório começa às 9h30, na Capela 1 do cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. O sepultamento está marcado para as 11h30. O ex-diretor de Redação do Correio e fundador do Jornal da Comunidade faleceu na segunda-feira (9/12), aos 72 anos. Ele deixa quatro filhos. 

 

Junqueira lutava há anos contra problemas neurológicos, diabetes e hipertensão. O jornalista trilhou o caminho como repórter no jornal Última Hora, do Rio de Janeiro, com sucursal em Brasília e, posteriormente, passou pelo Diário de Brasília. Ao fim da década de 1970, entrou para a equipe do Correio e, em 1982, assumiu a diretoria de jornalismo.

 

Personalidades como os ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor de Mello e Fernando Henrique Cardoso lamentaram a morte. Junqueira, que nasceu em 13 de julho de 1974 em Buriti Alegre (GO), é descrito por pessoas próximas como uma pessoa admirável, ímpar e um executivo feroz.

 

"Era admirado, respeitado e temido por governadores e presidentes que passaram. Ele fez uma carreira extraordinária. Era uma pessoa ímpar. Fez grandes amigos e também cultivou alguns inimigos poderosos, porque tinha a pena e a caneta, emplacados como jornalista" afirmou o melhor amigo e companheiro de jornalismo Marco Aurélio Nunes Pereira, em entrevista ao Correio, na noite de terça-feira (10/12). 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade