Publicidade

Correio Braziliense

Homem envolvido em morte de sapateiro no Sol Nascente é preso

Agentes da 23ª Delegacia de Polícia (Setor P Sul) cumpriram mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado contra o rapaz que teria participado do assassinato do sapateiro José Anchieta de Madeiros, 59 anos, no Sol Nascente


postado em 13/12/2019 14:27 / atualizado em 13/12/2019 14:29

Homem de 22 anos é o segundo suspeito de envolvimento no crime preso pela PCDF (foto: Divulgação/PCDF)
Homem de 22 anos é o segundo suspeito de envolvimento no crime preso pela PCDF (foto: Divulgação/PCDF)
A Polícia Civil (PCDF) prendeu, na tarde desta quinta-feira (12/12), um rapaz de 22 anos, suspeito de envolvimento na morte do sapateiro José Anchieta de Madeiros, 59 anos. Agentes da 23ª Delegacia de Polícia (Setor P Sul) cumpriram mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado contra o rapaz, que teria participado do espancamento e assassinato de Madeiros. 

Segundo o delegado Maurício Iacozzilli, da 23ª DP, o homem nega participação no crime, mas os “comparsas já falaram que ele estava junto”. Outro suspeito havia sido preso preventivamente pelos investigadores, no dia 3 de dezembro. Além dos dois detidos, a polícia procura por uma mulher de 20 que teria participado do crime. Ela é considerada foragida. Quatro menores de idade também faziam parte do grupo que matou o sapateiro. 

O caso

O sapateiro José Anchieta de Madeiros, 59 anos foi atacado e morto a facadas, no Sol Nascente, em 18 de novembro, por um grupo de sete pessoas. Ele teve o pênis decepado pelos criminosos, que teriam decidido matá-lo após ele mostrar o órgão genital a crianças da região. 

Um colega que morava com Madeiros na Chácara 7, do conjunto I, no Sol Nascente, também foi atacado pelo grupo, mas conseguiu fugir e chegar ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC)
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade