Publicidade

Correio Braziliense

Vidente, taróloga e astróloga fazem previsões para o DF em 2020; confira

Correio ouviu uma taróloga, uma astróloga e um vidente, que revelaram algumas previsões para o próximo ano


postado em 31/12/2019 08:00 / atualizado em 30/12/2019 22:59

Para o DF, as previsões apontam melhora no cenário do desemprego e emoções no Executivo(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Para o DF, as previsões apontam melhora no cenário do desemprego e emoções no Executivo (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Com a chegada do novo ano, surgem planos dos mais diversos. Entrar na academia, trocar de emprego, mudar a rotina ou investir no amor estão na cabeça de quem se planeja para o próximo ciclo. Para que o leitor possa ter uma ideia do que esperar de 2020, o Correio ouviu uma taróloga, uma astróloga e um vidente, que revelaram algumas previsões para o próximo ano.

De acordo com os entrevistados, 2020 será semelhante a 2019: com fortes acontecimentos em diversas áreas, como política e meio ambiente. Para o Distrito Federal, as previsões apontam melhora no cenário do desemprego e emoções no Executivo. O ano também será favorável para aqueles que desejam apostar em namoros ou abrir um negócio. Entretanto, nesses casos, a dedicação deve ser constante. Confira:
 
José Acleildo de Andrade, 57, é vidente desde os 12 anos(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
José Acleildo de Andrade, 57, é vidente desde os 12 anos (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
  

Vidência 


Dinamismo, direção segura e investimento 


O pernambucano José Acleildo de Andrade, 57, é vidente desde os 12 anos. Ele chegou ao Distrito Federal em 1983, quando passou a se dedicar às análises espirituais. Hoje, ele trabalha com tarô, búzios e runas, além de fazer psicografias e receber orientações de entidades. “Sou muito feliz com o que eu faço”, afirma. Morador de Águas Claras, ele afirma que 2020 será um ano de grandes reviravoltas em diversos cenários, mas considera que questões, como violência e escândalos, devem diminuir em comparação a 2019.

“Será o ano do fogo, e pessoas do signo desse elemento, que é o caso de áries, leão e sagitário, estarão no comando. Isso significa que teremos um período de dinamismo e de direção segura. Um ano melhor do que os outros 10 passados”, prevê. De acordo com ele, o Governo do Distrito Federal (GDF) terá resultados positivos no próximo ano, mas a população tem papel importante para que isso aconteça. “As pessoas devem cobrar bastante do Executivo para que haja respostas”, alerta.

Mente aberta

De acordo com o vidente, as áreas da saúde, educação e economia vão melhorar em 2020. “No âmbito nacional, teremos redução do valor do dólar e melhorias na preservação do meio ambiente, além da redução do preço da carne e de vegetais. No DF, o desemprego deve cair bastante”, acredita. José Acleildo também prevê que o Brasil terá mais investimento do mercado internacional.

Para quem for apostar em relacionamentos, o vidente aconselha que a pessoa esteja de mente aberta. De acordo com ele, os namoros alternativos menos adeptos à monogamia estarão mais presentes na vida do brasileiro. “É um ano muito bom para avançar nas relações e para amar. Também é um momento bom para trocar de namorado e deixar o passado para trás”, reforça. De acordo com ele, as relações LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) também estarão em alta.


Para a astróloga Jaqueline, a conjunção de quatro planetas
Para a astróloga Jaqueline, a conjunção de quatro planetas "terá energia de transformação" (foto: Arquivo Pessoal )

Astrologia


O Sol no poder


A astróloga brasiliense Jaqueline Marques, 36, começou a trabalhar na área há quatro anos, após fazer cursos e se especializar. “Tive um processo pessoal, quando a minha mãe faleceu. Fiquei perdida, e a astrologia me ajudou. Fiz um mapa astral com uma profissional, e isso me ajudou muito. Em seguida, comecei a estudar e me profissionalizei”, conta. Além dos atendimentos, Jaqueline é agrônoma. “É como se eu trabalhasse com a terra e com os astros”, brinca.

Segundo ela, 2020 será um ano especial do ponto de vista astrológico. De acordo com ela, ocorrerá a conjunção de quatro planetas do signo de capricórnio: Saturno, Plutão, Júpiter e Marte. “Por causa desse fenômeno, o ano terá energia de transformação e mudanças estruturantes. Com a energia forte em capricórnio, vai ter uma noção muito maior de responsabilidade, rigor, disciplina e seriedade”, explica.

Por causa da influência do signo, a astróloga comenta que o âmbito da polícia e do judiciário serão bastante afetados. “Em 2019, tivemos um ano de Marte e, agora, teremos o Sol. Como tivemos muitos problemas, brigas e disputas no mundo, a tendência é de que isso continue”, diz. Além disso, com o Sol no poder, Jaqueline ressalta que “coisas obscuras” serão reveladas, como esquemas de corrupção no governo.

Do ponto de vista econômico, ela alerta que o ano deverá ser de austeridade e que o ideal é poupar e se planejar para investimentos a partir de 2021, quando ocorrerão oportunidades melhores para as finanças. No emprego, a dica é investir em profissionalização e buscar uma área de trabalho prazerosa. Os apaixonados terão momentos de altos e baixos. “Se você está em um relacionamento verdadeiro, continue. Caso contrário, pule fora. Para o próximo ano, as pessoas tendem a buscar relações firmes e duradouras”, explica.


Luciane explica que 2020 é o ano do Sol e será coberto por Oxalá(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
Luciane explica que 2020 é o ano do Sol e será coberto por Oxalá (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

Tarô


Ano propício ao amor


Desde a infância, Luciane de Souza Barbosa, 34 anos, tem visões e conversa com entidades. Há 15 anos, começou a frequentar casas de santos e, há 10, trabalha como taróloga em Samambaia. Hoje, ela é conhecida como a Cigana das Sete Saias e define o próprio dom como “vidências que não têm explicações”. Como religião, ela adota a umbanda, mas também tem um “pé no candomblé”. “Não trabalho na linha do mal, não faço amarração”, ressalta.

Luciane explica que 2020 é o ano do Sol e será coberto por Oxalá, que, no sincretismo, é equivalente a Jesus Cristo. Além disso, Xangô será o regente do próximo ano, significando que o ano será marcado pela justiça. “Será um período com muitas mortes, tragédias, descobertas e prisões”, prevê. A Cigana das Sete Saias reforça que o ano será difícil, principalmente no primeiro semestre. “A partir de julho, quando a estagnação passar, o ideal será investir em negócios, porque vai ser quando o dinheiro vai começar a entrar na cidade.”

Na política, a taróloga alerta que há muitas coisas que podem ser descobertas no governo. “Alguns esquemas serão revelados. A partir de julho, o caminho de alguém do governo vai secar. A corrupção será cobrada com ferro e fogo”, alerta. Para driblar cenários ruins no próximo ano, a Cigana das Sete Saias aconselha que o ideal é se apegar a orações e pedir proteção, independentemente da religião.

Apesar das previsões negativas, o ano está propício para aqueles que querem apostar no amor. “Se você investir em um relacionamento, você ganhará um. Porém, traições não serão aceitas. Quem deixar o amor o perderá para sempre”, comenta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade