Cidades

Homem é preso após abusar de jovem que estava dormindo dentro de ônibus

Acusado de 41 anos estava ao lado da vítima, 22, e passou a mão nas partes íntimas da mulher. Flagrado, chamou a jovem de louca e disse que reclamação dela era"falta de homem"

Alan Rios
postado em 05/01/2020 09:42
Silhueta de mulher sentada, encolhida, que parece esconder-seUm homem de 41 anos foi preso no Paranoá por importunação sexual após abusar de uma jovem, 22, que estava dormindo no ônibus. Acusado e vítima estavam em um coletivo da linha 100.2, que fazia o trajeto Lago Sul / Paranoá, por volta das 18h da última sexta-feira (3/1). A mulher sentiu que estava sendo tocada e acordou com o homem colocando a mão em suas partes íntimas, na região da genitália.

A vítima começou a gritar e questionar o que ele estava fazendo, mas ele negou que a havia tocado. Outros passageiros viram o ato criminoso e defenderam a mulher. O acusado, então, começou a ofender a jovem, dizendo que ela era louca, que isso era "falta de homem" e até mesmo ameaçando novos abusos: "Vou enfiar o dedo na sua b;", exclamou.

O motorista do coletivo encontrou uma viatura da Polícia Militar no caminho e comunicou o fato aos policiais. Ao perceber a presença dos militares, o homem tentou descer do ônibus correndo, mas foi impedido pelos passageiros. Ele ainda resistiu à prisão e teve que ser algemado à força. Dentro da viatura, voltou a ofender a mulher.

Os envolvidos foram levados para a 6; Delegacia de Polícia (Paranoá). O acusado continuou negando o ato, mas confirmou as palavras dirigidas à vítima. Testemunhas deram o mesmo depoimento da vítima e o homem foi preso pelos crimes de importunação sexual e resistência. A importunação tem pena de até 5 anos.
Porém, após passar por audiência de custódia, o suspeito foi liberado pela Justiça para responder ao processo em liberdade.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação