Publicidade

Correio Braziliense

Ibaneis assina autorização para início das obras do túnel de Taguatinga

Trabalhos devem ser concluídos em janeiro de 2022. Testes para diminuir o impacto no trânsito serão feitos


postado em 14/01/2020 17:12 / atualizado em 14/01/2020 17:20

(foto: Agatha Gonzaga/CB/D.A Press)
(foto: Agatha Gonzaga/CB/D.A Press)
O governador Ibaneis Rocha (MDB) assinou nesta terça-feira (14/01) a ordem de serviço que autoriza o consórcio Novo Túnel a iniciar as obras de construção do túnel rodoviário de Taguatinga, proposto pelo governo para desafogar o trânsito nos sentidos Plano Piloto e Ceilândia. Diariamente, mais de 135 mil veículos circulam no local. O túnel será construído sobre a Avenida Central da região administrativa. 

Segundo Ibaneis, o túnel representa o renascer de Taguatinga. “É uma obra muito importante que estava paralisada e que nós conseguimos junto ao Tribunal de Contas (do DF) resolver o imbróglio que existia. São mais de 1,5 milhão de pessoas que serão atendidas, sem contar com a revitalização total do centro de Taguatinga, o que vai gerar renda e emprego”, declarou. 

Além disso, o governador aproveitou a ocasião para anunciar a finalização das obras do viaduto que une a cidade de Águas Claras e Taguatinga. De acordo com o chefe do Executivo, dentro de 30 dias a revitalização estará concluída.  

Para o administrador interino de Taguatinga, Ezequias Pereira, a construção do túnel é algo esperado pela população há mais de 20 anos. “Eu sempre falo que esse túnel é irmão gêmeo do metrô, mas o metrô nasceu e o túnel esteve na UTI. Agora vamos conseguir solucionar o problema do trânsito. Claro que teremos algum desconforto durante as obras, mas será para resolver o problema a longo prazo”, defendeu. 

Ao todo, o investimento será de R$ 275 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal. O túnel terá extensão viária de 1.010 metros, com 830 metros cobertos.

Neste primeiro momento, de acordo com o GDF, a Secretaria de Obras e a Administração da região estudam quais vias deverão ser fechadas, e como reorganizar o trânsito para diminuir o impacto das obras. Além disso, os primeiros canteiros serão instalados nos próximos dias para a fabricação das peças de concreto armado. 
 
Após o período de chuvas, perto de abril, a empresa contratada deve começar a escavar a área. A previsão de entrega é janeiro de 2022.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade