Publicidade

Correio Braziliense

Detran realiza leilão de 950 veículos nos dias 27 e 28 de janeiro

A exposição dos produtos será de 20 a 24 de janeiro, das 8h30 às 17h30


postado em 16/01/2020 12:02 / atualizado em 16/01/2020 15:58

O primeiro leilão do ano será realizado nos dias 27 e 28 de janeiro (foto: Divulgação/Detran-DF)
O primeiro leilão do ano será realizado nos dias 27 e 28 de janeiro (foto: Divulgação/Detran-DF)
O primeiro leilão do Detran do ano será realizado nos dias 27 e 28 de janeiro, no Centro Comunitário do Núcleo Bandeirante a partir das 9h. O Departamento de Trânsito do DF (Detran) promove a venda de 950 veículos, sendo 350 conservados e 600 sucatas.

A exposição dos produtos começa a partir de 20 de janeiro e vai até o dia 24, das 8h30 às 17h30. Os interessados vão encontrar os veículos nos pátios da Flexleilões  e no da Polícia Rodiviária Federal: 

 

  • Lotes 001 ao 199; 200 ao 399; 500 ao 699; – Pátio da Flexleilões, situado no STRC Sul Trecho 02 Conjunto B Lote 02/03 (próximo ao Detran do SIA);
  • Lotes 400 ao 499 e 1000 e 1001 – Pátio da Polícia Rodoviária Federal na BR 040, KM 0 (Posto Alfa - Santa Maria/DF); 

 

A venda pública dos veículos classificados como sucata será em 27 de janeiro. No dia seguinte (28), será a vez dos automóveis destinados à circulação e das motocicletas na condição de conservadas. Ambas as transações fazem parte da modalidade presencial ou on-line.

Entre os carros, estão um Nissan Frontier preto (2011), com lance mínimo de R$ 6 mil e uma Saveiro branca (2014) com lance mínimo de R$ 4 mil. A média do valor de mercado dos carros citados é de R$ 47 mil. 


Os proprietários dos automóveis selecionados têm até dia 24 de janeiro para comparecer à unidade do Detran de Taguatinga e regularizar a situação do veículo.

Participação

Pessoas físicas e jurídicas com inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do Ministério da Fazenda e de documento de identidade podem oferecer lances em lotes classificados como conservados. 

 

A compra dos lotes classificados como sucatas aproveitáveis ou sucatas aproveitáveis com motor inservível, motor suprimido, pode ser feita apenas por empresas do ramo do comércio de peças usadas reguladas pela Lei n° 12.977, de 20 de maio de 2014. Para isso, é necessária comprovação no credenciamento com apresentação do Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral (emitido no mês), Contrato Social, CNPJ, RG e CPF do representante legal.

 

Mais informações no site www.detran.df.gov.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade