Publicidade

Correio Braziliense

Corpo encontrado na BR-070 é de motorista de aplicativo desaparecido

O homem estava sumido desde 3 de janeiro, quando saiu de casa, em Sol Nascente, para negociar um lote em Ceilândia Norte


postado em 20/01/2020 21:30 / atualizado em 20/01/2020 21:30

Aldenys da Silva tinha 29 anos(foto: Arquivo pessoal )
Aldenys da Silva tinha 29 anos (foto: Arquivo pessoal )
O motorista de transporte por aplicativo Aldenys da Silva, 29 anos, foi encontrado morto às margens da BR-070, em Brazlândia, em direção a Águas Lindas. O homem estava desaparecido desde 3 de janeiro, quando saiu de casa, em Sol Nascente, para negociar um lote em Ceilândia Norte.

O corpo teria sido localizado no sábado (18/1) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), mas só foi possível identificá-lo na segunda-feira (20/1).

A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo com morte). Segundo o delegado-chefe da 19° Delegacia de Polícia (Ceilândia, P Norte), Gustavo Augusto da Silva, um jovem de 19 anos teria solicitado uma corrida por aplicativo a Aldneys e, ao tentar roubá-lo, o teria matado. "Essa é a nossa principal linha de investigação até o momento, mas não descartamos nenhuma outra possibilidade", explicou. 

O corpo de Aldenys estava em estado de decomposição e embalado em um plástico, de acordo com o delegado. "Não sabemos se o desovaram primeiro. Agora, faremos a pericia no saco para tentarmos identificar alguma digital", adiantou o delegado.

A polícia não prendeu nenhum suspeito até agora. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade