Publicidade

Correio Braziliense

Motoboy agredido por PM em Taguatinga é preso por usar veículo clonado

Mulher registrou ocorrência em Aparecida de Goiânia depois de receber multas no DF. Detran constatou indícios de adulteração nos documentos da moto


postado em 21/01/2020 16:09 / atualizado em 21/01/2020 16:14

(foto: Arquivo Pessoal)
(foto: Arquivo Pessoal)
O motoboy que se envolveu em uma confusão com Policial militar em condomínio de Taguatinga foi preso na segunda-feira (20/01), acusado de usar uma moto com placa clonada. O homem é investigado pelos crimes de receptação, adulteração de placa e uso de documento falso.

A Polícia militar do Distrito Federal (PMDF) obteve a informação que uma moto clonada estava escondida no Recanto das Emas. O homem de 21 anos e o veículo foram levados até a 27ª DP (Recanto das Emas).

Durante as investigações, foi pedido o apoio do Departamento de Trânsito (Detran) para saber se o veículo possuía mais alguma irregularidade. O Detran encontrou diversos indícios de adulteração dos sinais identificadores da moto, bem como mudanças nos caracteres de preenchimento do CRLV, especificamente nas letras "GO".

A dona do veículo registrou boletim de ocorrência em Aparecida de Goiânia. Ela apontava uma possível clonagem do veículo em razão de estar recebendo multas no DF, onde nunca esteve com a moto. %u200BO veículo foi apreendido e o motoboy preso.   

Discussão

Preso na segunda, o entregador de aplicativo foi agredido por um policial militar armado na noite de domingo (20/1), em frente a um condomínio na QI 12 de Taguatinga Norte. A discussão ocorreu após o motoboy se negar a retirar a moto da frente do prédio.  


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade