Publicidade

Correio Braziliense

Muro de escola em construção desaba e assusta moradores no Sudoeste

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil foram acionados para acompanhar a ocorrência. Ninguém ficou ferido


postado em 26/01/2020 12:15 / atualizado em 26/01/2020 17:16

(foto: Walder Galvão/CB/D.A.Press)
(foto: Walder Galvão/CB/D.A.Press)
O desabamento de um muro assustou moradores do Sudoeste na manhã deste domingo (26/1). A estrutura faz parte de uma escola em construção, localizada na quadra 101 da região administrativa. Apesar do incidente, ninguém ficou ferido. 

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil foram acionados para acompanhar a ocorrência. Responsáveis pela obra informaram ao Correio que estão avaliando o que pode ter provocado o desmoronamento. 

O agente da Defesa Civil Alessandro Morgado ressaltou que engenheiros do órgão foram acionados para avaliar a estrutura. O lugar onde parte da estrutura cedeu esta isolados e técnicos avaliam se mais trechos precisarão de interdição. Em outras partes do muro, é possível ver rachaduras. 

Morador da cidade desde 2005, o servidor público Mário Canevello, 59, reclama que a obra, desde o início, causa transtornos aos moradores. “Tiraram uma área verde para construir a estrutura. O que tinha ali era uma barragem de sedimentos, que fizeram sem pensar nos efeitos. A chuva, por exemplo, deve ser pensada em uma obra”, criticou. 

De acordo com ele, as obras são barulhentas e atrapalham a rotina dos moradores. “Quando preciso dormir, tenho que fechar as janelas e ligar o ar condicionado para diminuir o som do trabalho deles. Considero que falta fiscalização nessa construção”, disse.
 
Em nota, o colégio disse que o episódio foi pontual devido às fortes chuvas antes da conclusão do serviço de drenagem do solo. "Com a nossa colaboração, a Defesa Civil atestou que a obra segue as normas de segurança e ocorre dentro do processo de legalidade. A indicação é de uma pequena reparação no local, que será realizada por empresa especializada", afirmou o texto. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade