Publicidade

Correio Braziliense

Servidora tem carro incendiado na porta do Creas de Taguatinga Sul

Veículo de agente social ficou em chamas na manhã de segunda-feira (27/1). Sindicato pede por mais segurança em postos de atendimento


postado em 28/01/2020 11:09 / atualizado em 28/01/2020 11:17

Para conter as chamas do veículo, foi necessário a utilização de dois extintores de incêndio(foto: Divulgação/Sindsasc)
Para conter as chamas do veículo, foi necessário a utilização de dois extintores de incêndio (foto: Divulgação/Sindsasc)
Uma servidora do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) de Taguatinga Sul teve o carro incendiado na manhã desta segunda-feira (27/1). O veículo pertencia a uma agente social e estava estacionado em frente ao Creas quando foi incendiado. 

A ação foi vista pelo vigilante do local. A dona do veículo relata que foi chamada e atuou na contenção do fogo. "Precisei de dois extintores de incêndio para apagar as chamas. Ao lado do carro tinha um galão vazio", relata a servidora, que não teve a identidade divulgada. 

A mulher registrou um boletim de ocorrência na 21ª Delegacia de Polícia, também em Taguatinga Sul. De acordo com a ocorrência, uma pessoa que passava pelo local teria visto que um morador de rua foi o responsável pelo incêndio no veículo.

Clayton Avelar, presidente do Sindicato dos Servidores da Assistência Social e Cultural do GDF (Sindsasc) afirmou que a ação contra a servidora é devido à falta de segurança nas unidades de atendimento. 

Outras situações

De acordo com o Sindsasc, outra situações de violência contra funcionários em centros de atendimento aconteceram recentemente. Na última semana, um vigilante do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Sobradinho foi esfaqueado. No Cras do Areal, outros servidores foram ameaçados de morte, e o Cras de Samambaia precisou ser fechado por questões de insegurança. 
 
*Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade