Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Civil do Goiás cumpre mandado de prisão no Distrito Federal

Intitulada de Operação Fraudare, a investigação busca responsáveis por revender carros de luxo alugados


postado em 29/01/2020 12:32 / atualizado em 29/01/2020 14:09

Polícia Civil de Goiás cumpriu 18 mandados de prisão nesta quinta (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Polícia Civil de Goiás cumpriu 18 mandados de prisão nesta quinta (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A Polícia Civil do Goiás (PCGO) cumpriu na manhã desta quinta-feira (29/1) 18 mandados de prisões temporárias e três mandados de busca e apreensão no DF e em Goiás, além de São Paulo. O esquema intitulado de Operação Fraudare investiga gripo suspeito de revender carros de luxo alugados.

 

A investigação descobriu que 10 carros passaram por processo de falsificação de documentos e venda para terceiros. As vítimas pagavam o valor de mercado e depois descobriam fruade na venda. A operação foi conduzida por cerca de 80 policiais civis, por meio do 8ª Delegacia Distrital de Polícia Civil de Goiânia, e em parceria com a Polícia Civil do Estado de São Paulo. Entre os crimes apontados estão estelionato, falsificação de documentos, lavagem de dinheiro e associação criminosa. 


Os suspeitos de envolvimento no esquema foram presos nas cidades de Goiânia, Abadiânia, Anápolis, Rio Verde, Uruaçu, Brasília, Osasco e São Paulo. Houve bloqueio de bens e valores na ordem de R$ 1 milhão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade