Cidades

Condutores protestam por mais segurança

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 31/01/2020 04:16
Manifestantes deram início à carreata em frente ao Estádio Mané Garrincha
Reivindicar melhorias no sistema de segurança para motoristas de transporte por aplicativos. Esse foi o objetivo de uma carreata na manhã de ontem. O protesto começou no Estádio Mané Garrincha, seguiu pela Biblioteca Nacional e pela Esplanada dos Ministérios e terminou no Palácio do Buriti. Segundo os organizadores, cerca de 60 motoristas participaram do ato.

O condutor Wagner de Paula Souza, 27, morador de Sobradinho, relatou ter sofrido uma tentativa de assalto em meados de outubro. ;Recebi um chamado de viagem próximo de casa e decidi aceitar. Mas, ao me aproximar, notei que o solicitante estava nervoso e agoniado. Mesmo assim, fui freando. Nessa hora, outras duas pessoas surgiram atrás de um veículo estacionado e vieram até meu carro. Não pensei duas vezes e acelerei;, contou.

Motorista de Uber há três anos, Ruth Carvalho, 56, relatou que não para no local exato da viagem, como medida de segurança. ;No domingo passado, fui chamada por uma mulher na 710 Norte. Mas, quando cheguei ao local, estavam dois homens estranhos. Acelerei e mandei mensagem para a mulher que solicitou a viagem. Ela reclamou que não esperei. Senti que aquilo se tratava de uma emboscada;, explicou.

Para Wagner Souza, a união dos profissionais é por uma causa comum: mais segurança durante as viagens. ;Ficamos inseguros e precisamos que medidas drásticas sejam tomadas contra essa onda de violência. Falta muito para termos nossas vidas resguardadas. O passageiro também precisa de um cadastro rigoroso para entrar no aplicativo.;




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação