Cidades

Mulher é suspeita de arremessar cunhada de prédio em Taguatinga

A vítima, de 56 anos, sofreu fratura exposta na perna direita e suspeita de fratura no braço esquerdo, além de dores abdominais

Walder Galvão
postado em 31/01/2020 08:56
Militares do Corpo de Bombeiros transportaram a vítima para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC)Agentes da 21; Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) investigam a queda de uma mulher de 56 anos de um prédio em Taguatinga. O caso aconteceu por volta das 19h30 dessa quinta-feira (30/1), quando a vítima despencou de um apartamento. A suspeita é de que a cunhada dela, de 43 anos, teria a arremessado do edifício.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a vítima sofreu fratura exposta na perna direita e suspeita de fratura no braço esquerdo, além de dores abdominais. Ela foi transportada para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Os militares informaram que ela caiu do terceiro andar, aproximadamente sete metros, e colidiu com a marquise do prédio, no primeiro pavimento.

A ocorrência registrada na Polícia Civil informa que policiais militares chegaram ao prédio e encontraram a vítima recebendo atendimento dos bombeiros, além de familiares e conhecidos da mulher, tentando entrar no apartamento dela. Dentro do imóvel, os policiais encontraram a suposta autora, que foi conduzida à delegacia.

Em seguida, os investigadores foram ao HRC, onde a vítima informou que foi empurrada pela cunhada enquanto estava na varanda do apartamento. O caso é investigado como tentativa de homicídio. A mulher ainda precisou ser submetida a procedimento cirúrgico.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação