Publicidade

Correio Braziliense

Cinco novos viadutos vão desafogar o trânsito no Distrito Federal

Intervenções viárias melhorarão acessos a regiões administrativas onde o trânsito de veículos é intenso em horários de pico


postado em 10/02/2020 10:15 / atualizado em 10/02/2020 13:40

Intervenções viárias melhorarão acessos de cinco regiões administrativas (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Intervenções viárias melhorarão acessos de cinco regiões administrativas (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
O Governo do Distrito Federal (GDF) prepara a construção de cinco viadutos em pontos de tráfego intenso de veículos em horário de pico. As obras serão realizadas no Recanto das Emas, em Sobradinho, no Itapoã com o Paranoá, no Riacho Fundo e no Jardim Botânico.
 
De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), as construções dos novos viadutos eliminarão a intensidade na fluidez do trânsito em pontos críticos da cidade .
 
No entroncamento da DF-075, a EPNB, com o Riacho Fundo, circulam todos os dias, em média, 35 mil veículos. O projeto do viaduto está em fase final. A etapa seguinte será a de licitação.
 
O viaduto de acesso a Sobradinho pela BR-020, chamado de viaduto do Comper, tem a pretensão de aliviar o trânsito diário de 45 mil veículos no retorno e dar mais uma opção de acesso à região. O projeto está em fase de ajuste para que a licitação seja aberta. 
 
O DER/DF aguarda a liberação de recursos da Caixa Econômica Federal para licitar e dar início às obras no encontro de vias de Recanto das Emas com a DF-001, onde 60 mil veículos circulam diariamente, 
Na interseção do Itapoã com o Paranoá, o DER-DF está captando recursos para que seja dado andamento ao projeto da obra. A circulação na área chega a 30 mil carros por dia e vai melhorar a vida dos moradores das duas regiões. 

Os motoristas que circulam pela região sul do DF, principalmente Mangueiral, São Sebastião e condomínios, serão beneficiados pela construção de um viaduto. Cerca de 45 mil carros passam diariamente pelo balão da DF-035 que desce para o Jardim Botânico. Esta intervenção ainda está em fase de projeto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade