Publicidade

Correio Braziliense

Primeira parcela do IPVA vence segunda-feira. Saiba como imprimir o boleto

Proprietários de veículos com placas finalizadas em 1 e 2 devem ficar atentos com o prazo da primeira parcela do imposto. Governo estima arrecadar R$ 1,173 bilhão. Boletos podem ser emitidos pelo site da Secretaria de Economia


postado em 15/02/2020 07:00

A empresária Lidiana Bessa, 38 anos, quer parcelar os IPVAs em atraso e mais de R$ 1,5 mil em infrações(foto: Juliana Andrade/CB/D.A Press)
A empresária Lidiana Bessa, 38 anos, quer parcelar os IPVAs em atraso e mais de R$ 1,5 mil em infrações (foto: Juliana Andrade/CB/D.A Press)
O brasiliense que não quiser pagar mais caro nos impostos deve ficar atento. Vence na segunda-feira a primeira parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para automóveis com placas finalizadas em 1 e 2. Com o pagamento do IPVA 2020, o governo estima arrecadar R$ 1,173 bilhão. Com o imposto, o contribuinte também precisa quitar o seguro Dpvat (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre) e o licenciamento, além das multas. O pagamento dos débitos são necessários para a emissão do documento de 2020. 

Quem não recebeu o boleto do IPVA em casa pode imprimir o documento pelo site da Secretaria de Economia (www.site.fazenda.df.gov.br). O link está disponível na página inicial do portal. Para acessar o boleto, é necessário o número do Renavam. “A ideia era fazer tudo digital. Além do site, lançamos o aplicativo Economia DF, no qual é possível emitir o boleto e gerar o código de barras para pagamento. Porém, conseguimos uma parceria com o Banco de Brasília (BRB) para enviar a cobrança pelos Correios. Assim, disponibilizamos mais uma forma de pagamento, pois há pessoas que ainda têm dificuldade em mexer na internet”, explica o assessor especial da Subsecretaria da Receita da Secretaria de Economia, Hormino de Almeida Júnior. 

Para aqueles que não conseguiram acessar as contas, a orientação da secretaria é procurar os postos do Na Hora, as agências de atendimento da Receita ou do BRB Conveniência. Já o licenciamento e o Dpvat devem ser impressos no site do Departamento de Trânsito (Detran). Nele, também é possível imprimir as multas emitidas pelo órgão. 

Desconto

Apesar de ser possível parcelar em três vezes o IPVA, há quem prefira se livrar das contas de uma vez e ainda economizar, pagando a parcela única do imposto. Nesses casos, o contribuinte ganha 5% de desconto sobre o valor do imposto. A estudante Marisa Rodrigues, 24 anos, se adiantou para garantir a economia. “Antes de chegar as contas, eu imprimi tudo na internet. Tinha uma multa também e paguei junto. Preferi pagar à vista para pegar o desconto, que não é muito grande, mas já faz diferença”, diz. 

Aqueles que optaram pelo parcelamento devem ficar atentos ao vencimento das parcelas. As primeiras vencem entre 17 e 21 de fevereiro; as segundas, entre 16 e 20 de março; e as terceiras, entre 13 e 17 de abril. “Após o vencimento, é cobrada uma multa de 5%, para pagamento em até 30 dias, ou de 10% depois desse prazo”, ressalta Hormino Junior. O Dpvat e o licenciamento devem ser pagos em uma única cota. 

Multas

A multas também podem atrapalhar o envio do documento do veículo. Se elas não forem quitadas, o proprietário não recebe o licenciamento obrigatório para a circulação do automóvel. Os débitos podem ser consultados no site do Detran e do Departamento de Estrada de Rodagem (DER). E foi assim que o motorista Gessileudo de Medeiros, 49, descobriu que estava em débito com o Departamento de Trânsito. “Não recebi o comunicado da multa. Percebi quando fui imprimir os boletos dos impostos. Agora, vou calcular para saber se compensa pagar à vista ou parcelar”, conta. 

Para aqueles que estão com dificuldades de quitar os débitos do veículo, é possível parcelar as multas por meio de empresas credenciadas pelo Detran. A empresária Lidiana Bessa, 38, procurou o serviço na manhã desta sexta-feira (14/2) para regularizar a situação. “Estou com IPVAs atrasados e com mais de R$ 1,5 mil de multas para pagar. Quero parcelar porque é um valor alto, mas estou com dificuldade pois não tenho um cartão de crédito com limite para cobrir essa quantia”, comenta. A empresária conta que esse ano abriu mão do seguro veicular para poder quitar as dívidas e receber o documento. 

As multas emitidas pelo Detran podem ser parceladas nas empresas credenciadas nos postos de atendimento do Shopping Popular, em Taguatinga, no Gama, na sede do órgão, nos postos do Na Hora e no Depósito de Veículos da Asa Norte. As empresas também podem ser procuradas pela internet. Os links estão disponíveis no portal do Detran (www.detran.df.gov.br/menu-parcelamento-debitos). A autarquia aconselha fazer uma simulação com cada empresa, antes efetivar o parcelamento dos débitos, pois elas trabalham com livre concorrência de cobrança de taxas e juros. 

Calendário

Final da Placa Parcela única ou 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela
 
1 e 2                       17/2                                    16/3               13/4
3 e 4                       18/2                                    17/3          14/4
5 e 6                       19/2                                    18/3          15/4
7 e 8                       20/2                                    19/3          16/4
9 e 0 21/2 20/3 17/4

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade