Publicidade

Correio Braziliense

Mega-Sena distribui R$ 190 milhões neste sábado; lotéricas estão lotadas

Brasilienses estão animados com a perspectiva de levar o prêmio, acumulado em R$ 190 milhões, e correram às lotéricas para registrar os bilhetes e concorrer. Sorteio será neste sábado, às 20h


postado em 22/02/2020 07:00 / atualizado em 22/02/2020 18:37

Se ganhar, Tamires Lins pretende se jogar numa
Se ganhar, Tamires Lins pretende se jogar numa "banheira de dinheiro" e ainda doará parte do valor (foto: Tailana Galvao/Esp. CB/D.A Press)
Viajar, ajudar a família, comprar a casa própria e um carro zero. Esses são alguns dos sonhos mais comuns dos brasilienses para realizar com o prêmio da Mega-Sena, acumulado em R$ 190 milhões. Com a possibilidade de levara soma milionária, muitos fizeram fila nesta sexta-feira (21/2) para garantir as apostas. Quem ainda não jogou, tem a chance de concorrer ao prêmio indo a casas lotéricas ou pelo site loteriasonline.caixa.gov.br até as 19h deste sábado (22/2). O sorteio ocorre às 20h.

O último ganhador do concurso regular da Mega-Sena recebeu, sozinho, R$ 40 milhões. O prêmio saiu em 19 de dezembro de 2019, para um apostador do município de Franca (SP). Desde o sorteio da Mega da Virada, o valor vem acumulando. A aposentada Celi Santos, 65 anos, fez a aposta nesta sexta-feira (21/2), na lotérica da Rodoviária do Plano Piloto. Com bom humor, ela confidenciou: “Se eu ganhar, a primeira coisa é me refazer do susto. Depois, vou ajudar minha família e amigos, mas só aqueles que não abusarem”.

A consultora Erica Leticia Souza, 43, quer usar o dinheiro para ter a casa própria. “Moro de aluguel há 10 anos, então, essa é a minha prioridade”, conta a moradora do Riacho Fundo 1, que sempre joga quando o valor está acumulado. Tamires Lins, 27, sonha alto com o prêmio milionário. “Vou pegar a metade do dinheiro e colocar numa banheira e me jogar dentro. Quero também comprar um condomínio igual ao da Anitta e chamar minhas amigas para beber champanhe”, revela a atendente de telemarketing. E abre espaço para ações beneficentes. “Vou também destinar uma parte para o Instituto do Câncer”, afirma.

Para a diarista Maria Lindalerne, 40, umas das destinações será para aplicar em algum investimento. “Não pretendo gastar tudo de uma vez, vou deixar render uma parte no banco. Quero também ajudar a minha família e fazer um plano de saúde”, explica. Ela já ganhou na Loto-fácil, mas o prêmio era bem pouco. Agora está confiante. “Sempre aposto nos mesmos números. Dessa vez vai!”. O valor acumulado em R$ 190 milhões, caso aplicado na poupança, pode render até R$ 491 mil por mês.

O sonho da casa própria e de um carro zero levou Nayara Brandão, 34, ao Setor Comercial Sul fazer sua aposta. Acompanhada da filha Ágatha Brandão, Nayara faz planos para o futuro milionário. “Com esse dinheiro eu resolveria a minha vida inteira. Moro com a minha sogra, então ter o meu cantinho será muito bom”, relata a designer de sobrancelha que também pretende abrir um salão de beleza e investir no próprio negócio. “Jogo pelo menos uma vez no mês, nunca ganhei, mas estou esperançosa”, finaliza.

4º maior prêmio

De acordo com o vice-presidente da Caixa Edílson Carrogi, a quantia é um dos maiores prêmios pagos nos concursos regulares: pode conquistar o quarto lugar no ranking. “Até agora, o prêmio não foi conquistado por nenhum ganhador e pode ser acumulado novamente. A sorte é quem manda”, brincou Edílson. O primeiro lugar foi registrado em R$ 289 milhões, no sorteio de 11 de maio de 2019.

A probabilidade de vencer pela aposta simples de seis números é de uma em 50 milhões. “É uma modalidade mais difícil de acertar nas loterias brasileiras, por isso que oferece o maior prêmio”, explica Edílson. As chances aumentam com quantidade de números apostados, podendo chegar a até 15 tentativas. “Na aposta com o máximo de números, a chance é de uma em 10 mil. O bolão também é uma alternativa, com custos menores (para cada apostador)”, destaca o vice-presidente.

O valor da cartela com seis dezenas marcadas é de R$ 4,50. A com sete marcações sobe para R$ 31,50 e a de oito, custa R$ 126. O apostador também pode adquirir as cotas dos bolões organizados pelas lotéricas. O custo varia de acordo com cada uma.

Jogue

  • As apostas podem ser feitas em qualquer Loteria Caixa, pelo site www.loteriasonline.caixa.gov.br ou pelo aplicativo Loterias Caixa, disponível gratuitamente para o sistema iOS.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade