Publicidade

Correio Braziliense

Distrito Federal receberá 1,2 milhão de foliões durante o carnaval

Estimativa de participação de 1,2 milhão de pessoas durante o feriado aquece segmentos como os de hotéis, bares e comércio, que se preparam para atender a demanda nos dias de festa


postado em 22/02/2020 07:00

Maria de Lourdes teve que contratar funcionários temporários para trabalhar no período(foto: Vinicius Cardoso Vieira/CB/D.A Press)
Maria de Lourdes teve que contratar funcionários temporários para trabalhar no período (foto: Vinicius Cardoso Vieira/CB/D.A Press)
Aestimativa da participação de 1,2 milhão de foliões durante o carnaval de Brasília anima os setores de comércio e de serviços. O número corrobora constatação de estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que mostra a tendência de descentralização da festa para cidades diferentes dos polos tradicionais — como Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco. Já a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) calcula que 32% dos leitos sejam ocupados por turistas no Distrito Federal, aumento de oito pontos percentuais em comparação a 2019.

“As atividades turísticas não são essenciais e, mesmo assim, devem crescer pelo terceiro ano consecutivo neste carnaval. Então, é um dado positivo, que indica que a economia está se recuperando, ainda que lentamente, neste segmento de turismo e prestação de serviço às famílias”, avalia o economista da CNC, Fabio Bentes, sobre o cenário nacional. Ele lembra que este setor foi o último a mergulhar na crise e, normalmente, também tende a ser o último a sair dela.

Além disso, segundo o especialista, o dólar alto favorece a atividade turística no país, já que desestimula os gastos dos brasileiros no exterior, e ainda torna o Brasil mais barato para o turista estrangeiro. “E o comportamento dos preços também tem feito os brasileiros gastarem mais nesta época, já que a inflação está bem comportada”, afirma Bentes, que calcula uma inflação de 4,2% para o carnaval deste ano.
 
Acessórios são o destaque do carnaval deste ano: visual completo com make elaborada(foto: Vinicius Cardoso Vieira/CB/D.A Press)
Acessórios são o destaque do carnaval deste ano: visual completo com make elaborada (foto: Vinicius Cardoso Vieira/CB/D.A Press)
 

Comércio

Os bares do Distrito Federal também esperam alta nas vendas, sobretudo aqueles que entraram na onda dos bloquinhos e vão promover festas de carnaval próprias nos próximos dias. Segundo o diretor executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Distrito Federal (Abrasel-DF), Fábio Estuqui, a movimentação nesses estabelecimentos normalmente cresce 10% no período, mas pode chegar a 40% nos estabelecimentos que aderirem a essa estratégia neste ano. “O carnaval de Brasília está crescendo muito e o setor é beneficiado por isso, já que costuma receber os foliões”, observa.

A expectativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio) é de que o movimento nas lojas que vendem fantasias e acessórios e nas distribuidoras de bebidas aumente no feriado. Nos últimos três anos, as lojas da capital abriam apenas no domingo de carnaval.  Em 2020, os estabelecimentos fecharão as portas apenas na terça-feira e retornam com funcionamento normal na manhã da quarta-feira de cinzas.

“Teremos grandes eventos na cidade, que vão impulsionar o movimento dos restaurantes. Um levantamento nosso mostra que o mercado de bebidas deverá ter aumento de 10% em relação ao ano passado”, afirma o presidente da entidade, Francisco Maia. “Antigamente, deixar o comércio aberto em dias de carnaval era sinônimo de prejuízo. Este ano, esperamos que muitas pessoas fiquem na cidade, o que significa lojas cheias”, completa.

Otimismo

O estudo da CNC mostra que o carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões no Brasil neste ano. O faturamento é o maior dos últimos cinco anos e vai beneficiar, sobretudo, os setores de comércio e de serviços. Segundo a confederação, só os segmentos especializados em alimentação fora do lar, transporte de passageiros e hospedagem devem movimentar R$ 7 bilhões. Por isso, estabelecimentos como bares, restaurantes, empresas de ônibus e hotéis decidiram reforçar o quadro de pessoal. Cerca de 25,4 mil trabalhadores temporários foram contratados entre janeiro e fevereiro deste ano por conta do carnaval, segundo o levantamento. É o maior saldo desde 2014.

O que abre e o que fecha

Confira o funcionamento de serviços públicos e comércio no feriado de carnaval

Ônibus

A frota de ônibus terá reforço de sábado a terça, com aumento de viagens após os eventos em 48 linhas que saem da Rodoviária do Plano Piloto para as regiões administrativas. Na segunda, as viagens serão realizadas de acordo com a tabela horária de sábado, podendo realizar saídas extras. Na terça, as linhas seguem a tabela de domingo. Na quarta, as viagens serão como as de dia útil.

Metrô

O Metrô terá horário de funcionamento estendido até a meia-noite, de sexta a terça. Após as 23h30, o acesso dos usuários será feito apenas pelas estações Central (Rodoviária do Plano Piloto) e Galeria, mas o desembarque ocorrerá em todas as estações. No domingo, abre às 7h. Na quarta, o horário normal será retomado, das 5h30 às 23h30.

DER-DF

Os serviços de atendimento ao público — setor de multas e Ouvidoria — fecham de segunda a quarta. Os responsáveis por operações tapa-buracos seguem escala de plantão para atender a emergências, assim como a fiscalização de trânsito. O Eixão do Lazer funcionará somente na terça-feira. As operações de reversão de pistas (Estrutural, DF-250, subida do Colorado) serão suspensas na segunda, na terça e na manhã da quarta e retomadas no pico da tarde do dia 26.

Detran-DF

Não haverá atendimento ao público nos postos de atendimento e no Na Hora. Nesse período, as equipes de educação, engenharia e fiscalização de trânsito atuarão em escala de plantão.

CEB

As agências de atendimento fecham na segunda e na terça. Na quarta, funcionam das 14h às 18h, com distribuição de senhas até as 17h30. Emergências e teleatendimento (116) têm funcionamento normal, 24 horas.

BRB

As agências do Banco de Brasília estarão fechadas na segunda e terça. Na Quarta-Feira de Cinzas, funcionam do meio-dia até 16h.

Restaurantes Comunitários

Funcionamento normal no sábado, mas fecham de segunda a quarta.

Agências do Trabalhador

Fechadas de segunda a quarta.

SLU

Funcionamento normal, exceto no domingo, dos serviços de coleta convencional e limpeza urbana, do Aterro Sanitário de Brasília, da Unidade de Recebimento de Entulho, da Coleta Seletiva e das Usinas de Tratamento Mecânico Biológico. No domingo, os serviços de limpeza urbana seguem regime de plantão. Serão suspensos os atendimentos das coletas convencional e seletiva e os funcionamentos das usinas e da Unidade de Recolhimento de Entulho. Nesse dia, o Aterro Sanitário de Brasília passará por manutenção interna.

Saúde

Unidades básicas de saúde e ambulatórios estarão fechados de segunda a quarta. Nenhuma das Farmácias de Alto Custo funcionarão. Todas as emergências dos hospitais regionais e as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) vão funcionar 24 horas por dia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também funcionará de forma ininterrupta, podendo ser acionado pelo telefone 192. Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) permanecerão fechados de segunda a quarta. As exceções são os CAPs do tipo III, voltados ao atendimento de retaguarda e articulação em rede, que estarão com atendimento 24 horas por dia. A Fundação Hemocentro de Brasília abrirá no sábado, das 7h às 18h. Na segunda-feira, funcionará das 7h às 13h. Na quarta-feira, das 14h às 18h. Para agendar doações e obter mais informações, chame no número 160, opção 2.

Outros órgãos

Procon, Na Hora, Terracap, Codhab, Seduh, Junta Comercial e Iprev fecham para atendimento ao público de segunda a quarta.

Segurança

Polícia

As forças de segurança atuarão em regime de plantão para garantir o policiamento e a fiscalização em todo o período de folia. De segunda a quarta, não haverá expediente administrativo. O efetivo nas delegacias será reforçado, principalmente na área central, que concentra a maior parte dos eventos. Todas as delegacias circunscricionais do DF funcionarão em regime de plantão ininterrupto, 24 horas, assim como a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) e as duas Delegacias da Criança e do Adolescente (DCA I e II). Uma unidade móvel da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa, ou por Orientação Sexual, ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) ficará nas plataformas carnavalescas. Nos blocos, haverá policiamento extra. O policiamento convencional será mantido, da mesma forma que o 190.

Bombeiros

O pronto atendimento dos Bombeiros estará ativo 24 horas, de forma ininterrupta, pelo número 193.

Defesa Civil

Equipes da Subsecretaria do Sistema da Defesa Civil cumprirão regime de plantão, com agentes realizando vistorias de todos os eventos cadastrados para o carnaval.

Sistema prisional e socioeducativo

Devido ao ponto facultativo, foram reagendadas as visitas aos internos do Centro de Detenção Provisória (CDP), Centro de Internamento e Reeducação (CIR) e Penitenciárias I e II que aconteceriam na quarta. Agora, ocorrerão na sexta-feira (28). As senhas poderão ser emitidas com a nova data.

MPDFT

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) terá suas atividades suspensas de 24 a 26 de fevereiro. Haverá plantão para atendimento das medidas urgentes. O plantão presencial funcionará das 14h às 19h, no Fórum de Brasília (Praça Municipal, Bloco B, Térreo, Ala A, Sala T2). Telefone: 3214-4444. A Ouvidoria do MPDFT não atenderá durante o carnaval.

TJDFT

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) suspende o expediente na Secretaria e nos Ofícios Judiciais do DF até a Quarta-feira de Cinzas. Os prazos processuais que se iniciarem ou se completarem nos referidos dias ficarão automaticamente prorrogados para o primeiro dia útil subsequente. Os cartórios extrajudiciais funcionarão na quarta-feira de Cinzas a partir das 12h..

Espaços culturais e turísticos

Biblioteca Nacional de Brasília

Fechada de segunda a quarta.

Biblioteca Pública de Brasília

Fechada de segunda a quarta.

Casa do Cantador

Fechada de domingo a quarta.

Centro de Dança

Fechado de segunda a quarta.

Complexo Cultural Planaltina

Fechado de domingo a quarta.

Centro Cultural Três Poderes

Fechado segunda e terça. Nos demais dias, funciona normalmente, das 9h às 18h.

Cine Brasília

Funcionamento normal, das 15h às 23h.

Espaço Cultural Renato Russo

Funcionamento conforme programação de domingo a terça, das 10 às 21h.

Memorial dos Povos Indígenas

Fechado na segunda. Funcionamento no sábado, domingo e terça das 10h às 17h, e na quarta das as 9h às 17h.

Museu do Catetinho

Fechado na segunda. Nos outros dias, funcionamento normal, das 9h às 17h.

Museu Nacional da República

Fechado de sábado a terça. Na quarta, funciona das 12h às 18h.

Museu Vivo da Memória Candanga

Fechado na segunda. Nos outros dias, funcionamento normal, das 9h às 17h.

Jardim Botânico

Fechado na segunda para manutenção. Nos outros dias, abre normalmente.

Parques Brasília Ambiental (Ibram)

Funcionarão normalmente durante o feriado.

Planetário de Brasília

Funcionamento sábado, segunda e terça das 8h às 14h, fecha no domingo e retoma o funcionamento das 14h às 20h da quarta-feira.

Zoológico

Fechado na segunda. Nos outros dias, abre das 8h30 às 17h.

Comércio

O Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal (Sindivarejista) informa que esse ano o comércio do DF poderá abrir no feriado. No domingo e na segunda-feira de carnaval, o comércio de rua e de shoppings está autorizado a funcionar. Na terça, fecha e reabre na Quarta-feira de Cinzas.

ParkShopping

Sábado: lojas, alimentação e lazer das 10h às 22h.

Domingo: lojas das 14h às 20h / Alimentação e lazer das 12h às 22h.

Segunda-feira: lojas, alimentação e lazer das 10h às 22h.

Terça-feira: lojas fechadas. Alimentação e lazer das 12h às 22h.

Quarta-feira: lojas, alimentação e lazer das 12h às 22h.

Iguatemi Brasília

Domingo: lojas, das 14h às 20h. Alimentação e lazer, das 11h às 20h.

Segunda-feira: lojas, das 10h às 22h. Alimentação e lazer, das 11h às 22h.

Terça -feira: lojas não abrem. Alimentação e lazer, das 11h às 22h.

Quarta-feira: lojas, das 13h às 22h. Alimentação e lazer, das 11h às 22h. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade