Publicidade

Correio Braziliense

Distrito Federal tem 49 ocorrências policiais no primeiro dia de carnaval

No primeiro dia de folia, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) divulgou balanço com 49 ocorrências policiais, 11 por porte de entorpecentes


postado em 23/02/2020 14:29 / atualizado em 23/02/2020 14:30

(foto: Ed Alves/CB / DA Press)
(foto: Ed Alves/CB / DA Press)
No primeiro dia de carnaval de 2020, foram registradas 49 ocorrências policiais no Distrito Federal, segundo dados da Secretaria de Segurança. Entre os registros, 11 se deram por porte de substância entorpecente para consumo próprio. 

O furto de celular, um dos itens mais visados em grandes aglomerações, também esteve entre as ocorrências mais frequentes, ao todo foram registradas seis. 

Nos eventos do primeiro dia, ocorreram quatro casos de furto a pedestres, três de furtos diversos e dois furtos em interior de veículos, além de três roubos a pedestres e um atropelamento.

A Polícia Militar realizou cerca de 500 abordagens e fez a apreensão de quatro armas brancas, 1,8 ml de lança-perfume, além de porções diversas de drogas e uma balança de precisão. Os militares apreenderam três celulares, produtos de furto ou roubo.

Os números foram divulgados no balanço feito pela Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF). O órgão instalou, no estacionamento da Torre de TV, a Cidade da Segurança Pública, central que concentra todos os serviços de segurança pública. O local foi escolhido pela proximidade com a maioria dos eventos carnavalescos — dos 120 cadastrados em todo o DF, 84 ocorrem na área central. No sábado (22/2), 22 eventos ocorreram na região. 

Registro de ocorrências 

As ocorrências estão sendo registradas pela Delegacia Móvel da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que está no local e atende ao público com apoio dos postos avançados do Departamento de Polícia Técnica (DPT) –  Instituto Médico Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação (II).

No posto do IML, possíveis vítimas de agressão podem realizar exames de corpo delito. Neste sábado, das 13h às 21h35 haviam sido feitos dois exames de pessoas envolvidas em casos de agressão. Também foram feitos sete exames de verificação de substância entorpecente. 
 

Atendimentos 

O Corpo de Bombeiros realizou 14 atendimentos na área central de Brasília. Seis deles foram por alcoolemia e três por queda. Três pessoas passaram mal, uma delas chegou a ser encaminhada para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) com hipotermia. 
 

Trânsito

O Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), da PMDF é o responsável pelo monitoramento e organização de trânsito dos grandes blocos. Neste domingo (23/2), as vias N1 e S1 do Eixo Monumental serão interditada a partir das 16h para a concentração do Raparigueiros, no Setor Carnavalesco da Funarte.

A saída do bloco está prevista para às 20h, seguindo pela N1 e retornando ao ponto de partida pela S1. A volta será feita na ligação entre o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) e Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). 

A N1 será fechada entre a Torre de TV e o Palácio do Buriti, o trânsito será desviado para a avenida que contorna o Estádio Nacional. No retorno, pela S1, o bloqueio começa no TJDFT e segue até a Torre de TV. O trânsito será desviado para a via ao lado da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). A previsão de encerramento do bloco é meia noite.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade