Cidades

Blocos infantis: Baratinha começa com atraso e Carnapati anima o Parque

Sem alvará, os organizadores do Baratinha não foram autorizados a iniciar as atividades no horário previsto

Juliana Andrade, Agatha Gonzaga
postado em 23/02/2020 16:03
Atraso no Baratinha desanimou pais e crianças
O bloco tradicional infantil Turma da Baratinha marcado para às 14h só começou por volta das 16h. O motivo, segundo os organizadores do evento, seria a falta do alvará de funcionamento. Durante a fiscalização feita pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF, a liberação do documento foi rejeitada devido ao pouco efetivo de brigadistas.

;Devido a toda questão de segurança, os bombeiros exigiram uma brigada maior e nós atendemos. Já foi feita a liberação e encaminhado para a Administração. Nós estamos só esperando o documento chegar para começar a festa;, afirmou Paulo Henrique, organizador do evento.

De acordo ele os outros documentos legais exigidos para a liberação da festa foram aprovados.

A monitora Aldeneide Gomes da Silva, 41 anos trouxe os filhos para curtir a folia cedo e reclamou da espera. Ainda assim disse estar disposta a não deixar a alegria morrer. ;Nós chegamos aqui 10h da manhã. É ruim porque as crianças ficam cansadas, tinha que começar logo. Mas vamos ficar até o final;, pontuou.

O evento está programado para encerrar as 21h e não será estendido.

Bloco Carnapati traz brincadeiras e música

A criançada de Brasília também tem caído na folia neste domingo (23/2). No bloco Carnapati, no estacionamento 4 do Parque da Cidade, meninos e meninas se divertem com música, bolhas de sabão, pintura de rosto e brinquedos infláveis.

A dona de casa Maria Valdenir, 60 anos, trouxe os netos Rafael, 1, e Manuela, 6. ;Eu vim outras vezes aqui. Acho um bloquinho muito bom e seguro;, destaca.
Maria Valdenir e os netos curtem o Carnapati todos os anos

O bloco é promovido pela Cia Teatral Mapati e traz a cultura popular brasileira para divertir a garotada. ;A gente valoriza muito esse tipo de bloquinho. Ele é tradicional e muito voltado para o teatro e para a cultura musical;, comenta a advogada Lígia Câmara, 40. A foliã veio com a filha Beatriz e amigos. A festa no bloquinho segue até às 18h.
Lígia Câmara, de Batman, com a filha e amigos

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação