Publicidade

Correio Braziliense

Após problemas, bloco Divinas Tetas ganha nova data e local

Em nota oficial o bloco explicou as mudanças na programação e confirmou que se apresenta no sábado (29/2)


postado em 23/02/2020 17:24 / atualizado em 24/02/2020 13:52

(foto: Thais Mallon/Divulgação)
(foto: Thais Mallon/Divulgação)
Para a alegria dos foliões brasilienses, o bloco carnavalesco Divinas Tetas já tem data e local para celebrar os cinco anos de folia tropicalista. A festança será no sábado (29/2), no gramado da Funarte, no Eixo Monumental, segundo publicação feita pelos organizadores nas redes sociais (leia íntegra abaixo).  

Na manhã do último sábado (22/2), um dos integrantes do bloco, Adolfo Neto, confirmou a mensagem que circulava em grupos nas redes sociais de que o Divinas não se apresentaria nesta segunda-feira (24/2) no gramado da 207 Norte. A data e o local tiveram de ser alterados.
 
Segundo Ilka Teodoro, administradora do Plano Piloto, o bloco cumpriu todas as etapas preliminares. "Na quinta-feira (20/2), na montagem do palco, foi verificado que a área tem 12 projeções e é uma área para construção de prédios da Universidade de Brasília (UnB). Como a universidade não concedeu o termo de anuência para uso da área, o processo ficou em suspenso", explicou ao Correio
 
A UnB, por sua vez, explicou em nota que, "por se tratar de área mista (com espaços públicos e pertencentes à UnB), a Administração da Universidade entende que cabe ao GDF, por meio de suas Secretarias e áreas técnicas competentes, a avaliação e decisão de onde devem ser realizados eventos carnavalescos".

Ver essa foto no Instagram

NOTA OFICIAL SOBRE ADIAMENTO DA APRESENTAÇÃO DO BLOCO DAS DIVINAS TETAS NO CARNAVAL 2020 O Bloco das Divinas Tetas surgiu em 2016 com a proposta de levar o som da Tropicália para o carnaval de rua de Brasília. Naquele ano, o Bloco reuniu aproximadamente 10 mil pessoas, um público muito maior que o esperado. Desde então, as quatro vezes em que o Bloco se apresentou foram memoráveis, tendo em vista a participação do público, que no último ano chegou ao marco de 50 mil pessoas. Para o quinto ano do Bloco das Divinas Tetas, o primeiro entendimento foi de que o público carnavalesco tem crescido exponencialmente e, dessa forma, o Bloco decidiu que seria preciso mudar o local do evento. Portanto, o terreno da 207 Norte pareceu adequado para realizar o Bloco no período vespertino, numa área campestre e horizontal, com a capacidade ideal para receber as foliãs e foliões com a segurança e conforto devidos. O espaço seria delimitado, preparado, limpo e cuidado para a chegada do Bloco e, da mesma maneira, seria retornado à cidade. A partir de então, todo o trâmite necessário para realizar o evento foi iniciado. Um dos primeiros passos nesse processo foi o contato com a Universidade de Brasília. Neste momento inicial, o posicionamento da Universidade foi verbal e apresentou assertividade na resposta de que não competia à UnB a anuência para a utilização do terreno. No dia 17/01/20, foi iniciado o processo de licenciamento para a realização do evento junto à Secretaria de Segurança Pública. O processo foi aceito pela Administração Regional do Plano Piloto, uma vez que toda a documentação exigida em lei foi apresentada. O decorrer do processo sinalizava de que tudo corria em ordem. Todos os despachos apresentaram positividade e demonstraram que não haviam negativas por nenhum órgão competente sobre a realização do evento, a considerar a Autorização de Espaço Público assinada no dia 18/2/2020 pela Administração Regional do Plano Piloto. (continua nos comentários)

Uma publicação compartilhada por Bloco das Divinas Tetas (@blocodivinastetas) em



Confira a nota do bloco Divinas Tetas

NOTA OFICIAL SOBRE ADIAMENTO DA APRESENTAÇÃO DO BLOCO DAS DIVINAS TETAS NO CARNAVAL 2020

O Bloco das Divinas Tetas surgiu em 2016 com a proposta de levar o som da Tropicália para o carnaval de rua de Brasília. Naquele ano, o Bloco reuniu aproximadamente 10 mil pessoas, um público muito maior que o esperado. Desde então, as quatro vezes em que o Bloco se apresentou foram memoráveis, tendo em vista a participação do público, que no último ano chegou ao marco de 50 mil pessoas.

Para o quinto ano do Bloco das Divinas Tetas, o primeiro entendimento foi de que o público carnavalesco tem crescido exponencialmente e, dessa forma, o Bloco decidiu que seria preciso mudar o local do evento. Portanto, o terreno da 207 Norte pareceu adequado para realizar o Bloco no período vespertino, numa área campestre e horizontal, com a capacidade ideal para receber as foliãs e foliões com a segurança e conforto devidos. O espaço seria delimitado, preparado, limpo e cuidado para a chegada do Bloco e, da mesma maneira, seria retornado à cidade.

A partir de então, todo o trâmite necessário para realizar o evento foi iniciado. Um dos primeiros passos nesse processo foi o contato com a Universidade de Brasília. Neste momento inicial, o posicionamento da Universidade foi verbal e apresentou assertividade na resposta de que não competia à UnB a anuência para a utilização do terreno. No dia 17/01/20, foi iniciado o processo de licenciamento para a realização do evento junto à Secretaria de Segurança Pública. O processo foi aceito pela Administração Regional do Plano Piloto, uma vez que toda a documentação exigida em lei foi apresentada.

O decorrer do processo sinalizava de que tudo corria em ordem. Todos os despachos apresentaram positividade e demonstraram que não haviam negativas por nenhum órgão competente sobre a realização do evento, a considerar a Autorização de Espaço Público assinada no dia 18/2/2020 pela Administração Regional do Plano Piloto.

Entretanto, na quinta-feira, dia 20/2/20, um ofício de solicitação de revogação da licença de utilização do terreno da 207 Norte foi despachado e assinado pelo vice-reitor da Universidade de Brasília, com o argumento de que "este tipo de evento" apresentaria "potencial de risco". Em ofício de resposta, a Administração Regional do Plano Piloto expressou impossibilidade de seguir com o processo de licenciamento da utilização do terreno, considerando a ausência de anuência por parte da Universidade de Brasília.

Na manhã do dia seguinte (sexta-feira, dia 21/2/2020), em ofício, foi solicitado à Universidade de Brasília consideração ao pedido de autorização de uso do terreno. Porém, em resposta, a Universidade foi incisiva no seu posicionamento e concluía: “Tendo em vista o acima descrito, esta Administração entende que cabe ao GDF, por meio de suas Secretarias e áreas técnicas competentes, a avaliação e decisão de onde devem ser realizados eventos como o proposto pelo Bloco das Divinas Tetas”.

Em contato com a Administração Regional do Plano Piloto, foi informado que sem uma anuência expressa da UnB o evento não poderia acontecer. Ainda na sexta-feira ao fim do dia, não cabia ao Bloco outra ação além de dar entrada a um mandado de segurança como última tentativa de realizar o evento, o qual foi indeferido.

Sem tempo hábil para articular qualquer solução para apresentação do Bloco ser mantida na segunda-feira, 24/2, entrou-se em contato com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e com a Administração Regional do Plano Piloto para dialogar sobre a possibilidade de realizar o evento em outra data e local. A proposta foi bem recebida e aprovada. Portanto, o Bloco das Divinas Tetas será oficialmente realizado no sábado, dia 29/2/20, no gramado da Funarte.

Bloco das Divinas Tetas

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade