Publicidade

Correio Braziliense

Sérgio Moro prorroga Força Nacional em presídio do DF após visita

As ações iriam até o dia 8 de março de 2020, e foram estendidas pelo período de 9 de março a 4 de setembro de 2020


postado em 27/02/2020 09:18 / atualizado em 27/02/2020 09:18

Ministro elogiou segurança de presídio (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Ministro elogiou segurança de presídio (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, prorrogou pela terceira vez a permanência das ações da Força Nacional no perímetro interno da Penitenciária Federal de Brasília. A determinação foi publicada no no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (27/2), um dia após a visita de Moro e do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, à prisão.

Na vistoria, os representantes do governo elogiaram o apoio das Forças Armadas na segurança. “Sem celulares, sem rebeliões e sem fugas”, disse Moro, no Twitter. As ações iriam até o dia 8 de março de 2020, e foram estendidas pelo período de 9 de março a 4 de setembro de 2020.

A portaria publicada nesta quinta-feira define que a medida tem “caráter episódico e planejado” durante os 180 dias, com “o apoio logístico do órgão demandante” e contingente a ser disponibilizado de acordo com escolha do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A medida é publicada durante embate entre GDF e governo federal. O governador Ibaneis Rocha (MDB) questionou e solicitou a transferência de integrantes de facções que cumprem pena no DF, para outras regiões. Mas a medida cautelar foi negada pelo o ministro Roberto Barroso, do STF.


Publicidade