Publicidade

Correio Braziliense

Motorista de aplicativo é investigado por se masturbar durante corrida

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela vítima de 23 anos, o homem sugeriu que ela lhe mostrasse o corpo como pagamento, e em seguida praticou o ato.


postado em 27/02/2020 19:32

(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
Um motorista de aplicativo é acusado de se mastubar enquanto levava uma passageira de 23 anos ao seu destino, no Paranoá. A oportunação sexual teria acontecido na madrugada de quarta-feira (26/2). 

 

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela jovem na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), ela e uma colega teriam solicitado a corrida por volta 5h20 quando saíram de onde trabalham como garçonetes. Após deixar a outra passageira no Varjão, o homem teria iniciado as investidas que foram negadas pela vítima.

 

O homem teria pedido então para que a moça exibisse partes de seu corpo enquanto ele se masturbaria, como forma de pagamento pelo transporte. A mulher também negou e mesmo assim o homem teria praticado a importunação sexual. 

 

Já em frente a casa da vítima, segundo consta o documento, ele teria pedido desculpas pelo ocorrido. 

 

A Polícia Civil investiga o caso. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade