Publicidade

Correio Braziliense

Do samba ao sertanejo: blocos fazem a festa do pós-carnaval; confira

Blocos de carnaval vão às ruas neste fim de semana e prometem animar os brasilienses com hits que vão do samba ao sertanejo


postado em 29/02/2020 07:00

Raí Soares, Saia Rodada(foto: Patrick Gomes/Divulgação)
Raí Soares, Saia Rodada (foto: Patrick Gomes/Divulgação)
E a festa carnavalesca continua no Distrito Federal. Neste fim de semana, mais blocos vão às ruas para animar o brasiliense. O Carnaval no Parque encerra a quarta edição neste sábado (29/2), após oito dias de folia, no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson. Para comandar a ressaca de carnaval, o evento recebe os shows da dupla Jorge & Mateus, do grupo Saia Rodada, do duo Chemical Surf e dos brasilienses 7 na Roda e Di Propósito. A festa começa às 17h.

Conhecida por arrastar foliões no Nordeste, a banda de forró eletrônico/brega Saia Rodada participa, pela primeira vez, do carnaval brasiliense. Do interior do Rio Grande do Norte, o grupo traz para a capital federal o famoso “saia elétrica”. “Estou bem preparado, pronto para encontrar essa turma e fazer uma festa linda, com repertório novo, muitos sucessos e muito forró para fechar com chave de ouro nosso carnaval”, comenta Raí Soares, vocalista do grupo.

Com projeção no cenário musical nordestino, a banda ganhou visibilidade e conquistou o público em todo o país com canções como Eu acho que não e Bebe e vem me procurar. Nelas, há a inserção do piseiro, vertente que se caracteriza pela simplicidade da união do teclado eletrônico com a voz, em um tipo de forró mais suingado. As músicas do forrozeiro não só caíram no gosto dos brasileiros como dos cantores. Durante o Carnaval no Parque, Léo Santana, Gusttavo Lima e Wesley Safadão fizeram versões para Bebe e vem me procurar e Já que me ensinou a beber.

“É gratificante ver que nosso trabalho é reconhecido por nomes tão grandes da música. O Gusttavo é um querido sempre conosco, e o Léo nosso parceiro, inclusive gravamos juntos uma música no meu DVD e ficou incrível também”, conta Raí. Questionado sobre o sucesso dessa vertente do forró, o vocalista pontua: “O piseiro, na verdade, vem de algum tempo, mas sim, se introduziu fortemente nesse verão. Nossas músicas ficaram com pegada de piseiro quando introduzimos a caixa eletrônica, foi aí o sucesso do Bebe e vem me procurar e outras mais”.

Antes do Saia Rodada, quem abre a festa de pós-carnaval são os sertanejos Jorge & Mateus. Com um público cativo na cidade, uma das duplas de maior sucesso traz para o Carnaval no Parque os últimos lançamentos, como Cheirosa, Tijolão e Propaganda, bem como sucessos da carreira, como Mil anos, Sosseguei, Querendo te amar. Os dois foram um dos primeiros do sertanejo a criar um trio elétrico e levar a mistura do gênero com o pop e o axé para o carnaval de Salvador há 11 anos. A bordo do Jorge & Mateus Elétrico, eles oficializaram a união que tem conquistado foliões em diferentes cidades brasileiras.
 
Jorge & Mateus(foto: In Press/Divulgação)
Jorge & Mateus (foto: In Press/Divulgação)
 

Além da mistura de ritmos e estilos musicais, a quarta edição do Carnaval no Parque deu espaço para artistas locais. Em todos os dias de festa, nomes conhecidos da cena brasiliense cruzavam no line up em meio às atrações nacionais. Passaram pelo palco as cantoras Adriana Samartini e Dhi Ribeiro; os grupos Contém Dendê, Se Joga, Menos é Mais, Mistura 61, Mulheres do Samba e Maria vai casoutras; além do cantor Thiago Nascimento. No último dia de festa, o samba brasiliense domina com os grupos 7 na Roda e Di Propósito.

Para a gerente de projetos da R2 Produções, responsável pela produção do Carnaval no Parque, Nath Rezende, a festa está sendo um sucesso. “Conseguimos amadurecer, acho que tivemos uma festa com respeito sem perder o humor. O público brasiliense também abraçou muito o evento. É uma opção segura, com estrutura completa, coberta, e que agrada todos os foliões”, avalia.

Divinas nas ruas 

Após problemas com a liberação da licença para desfilar no carnaval, o bloco Divinas Tetas vai às ruas. O bloquinho que traz a irreverência da Tropicália, promete animar os brasilienses com uma festa plural na Funarte. “Estamos muito animados e convido a todos para se juntar com a gente e almoçar uma feijoada gostosa aqui no Clube do Choro, a partir das 12h”, convida Adolfo Neto, cofundador e músico do Divinas Tetas.

O almoço custa R$ 39,90. Crianças até 7 anos não pagam e menores de 12, pagam R$ 21. Para animar, a Dj Tamara Maravilha abre o evento com vários hits da música Brasileira. Segundo Adolfo, a banda começa a tocar às 13h com um repertório composto por canções como, Vaca Profana, Tropicália, Odara e Ando Meio Desligado. “Estamos preparando muitas surpresas para comemorar essa quinta edição do Bloco Divinas Tetas. E adianto, terá música nova”, ressalta. As cantoras Cris Pereira, Letícia Fialho, Larissa Humaitá e Victória Cavallar são as convidadas de honra para esta festa que encerra pontualmente às 17h.

No Estacionamento 4 do Parque da Cidade, o bloco Vamos FullGil traz clássicos do cantor e compositor baiano Gilberto Gil. A folia está marcada para começar às 15h. Fora da área central de Brasília, outros bloquinhos animam o final de semana do brasiliense com opções para todos os gostos. No domingo, terá o encontro de todos os blocos no Parque da Cidade, com o projeto Carnaval de Todas as Cores.

Troféu #CB Folia 

O Correio Braziliense premiará, na próxima sexta-feira, os blocos de rua que se destacaram no carnaval 2020. Entre os critérios de avaliação estão: sustentabilidade, estrutura, animação e respeito ao próximo. O concurso, que este ano contou com jornalistas da redação, teve início em 21 de fevereiro e se encerrou na última quinta-feira. Além disso, a fantasia mais descolada também será premiada. A cerimônia de entrega do troféu será aberta ao público e ocorrerá no edifício-sede do Correio, no Setor de Indústrias Gráficas.

Programação

Divinas Tetas 
Neste sábado (29/2), a partir das 12h, na Funarte (Eixo Monumental). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Vamos FullGil
Neste sábado (29/2), a partir das 15h, no Estacionamento 4 do Parque da Cidade. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Bloco Filhas da Mãe
Neste sábado (29/2), a partir das 14h, na 408/409 Norte. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Carnarave no SuB 
Neste sábado (29/2), a partir das 22h, no SuB Dulcina (Conic). R$ 20. Classificação indicativa: 18 anos.

Carnaval no Parque 
Neste sábado (29/2), a partir das 17h, no Estacionamento do Ginásio Nilson Nelson (Eixo Monumental). Ingressos a partir de R$ 141 (meia-entrada). Classificação indicativa: 16 anos.

Essa Boquinha Eu Já Beijei 
A Ressaca — neste sábado (29/2), a partir das 20h, no Birosca (Conic). R$ 25. Classificação indicativa: 18 anos. 

3ª Ressaquinha de Carnaval 
Neste sábado (29/2), a partir das 14h, no Boulevard Shopping Brasília. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Carnaval Afro Ceilândia Alafaia 
Neste sábado (29/2), a partir das 11h, na QNP 5 (Setor P-Norte de Ceilândia). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Carnasarau
Neste sábado (29/2), a partir das 12h, na Praça da Bíblia (QNP 19 de Ceilândia). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

LGBTS Folia 
Neste sábado (29/2), a partir das 13h, no Cine Itapuã (Gama). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Sarrada da Ema 
Neste sábado (29/2), a partir das 15h, entre as quadras 116 a 101 do Recanto das Emas. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Encontro dos Blocos — Projeto Carnaval de Todas as Cores 
Neste domingo (1º/3), a partir das 13h, no Estacionamento 4 do Parque da Cidade. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Segurança reforçada 

As ações de monitoramento das forças de segurança continuam durante os eventos de pós-carnaval. A Cidade da Segurança Pública localizada na Torre de TV (Eixo Monumental), terá postos da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiro. Com o trabalho integrado, o grupo pretende atuar de forma para que a incidência de crimes diminuam durante os eventos de carnaval.

De acordo com balanço divulgado na última quarta-feira, durante os quatro dias de carnaval em Brasília, houve uma redução de 18,7% no número de ocorrências criminais relacionadas aos eventos.

Para garantir a segurança do público durante os eventos, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) realizará controle de tráfego, auxílio à travessia de pedestres e fiscalização de trânsito no Parque da Cidade, nas imediações do Ginásio Nilson Nelson e da Funarte.

Serão montados dois pontos de controle de trânsito: um na altura do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) e outro em frente ao ginásio, às margens da via N1. Para garantir segurança aos foliões que irão para o Bloco Divinas Tetas e fluidez ao trânsito, os agentes farão controle de tráfego nas imediações do evento com a criação de uma área de estacionamento para táxi e de embarque e desembarque para veículos de transporte por aplicativo na via de ligação entre a S1 e a N1.

O Detran orienta os foliões a estacionarem seus veículos no Parque da Cidade, já que os estacionamentos da Funarte e do Estádio Nacional estarão fechados, e a realizarem a travessia de forma segura nos semáforos.

Previsão de chuva

Quem for curtir o carnaval de rua é melhor preparar para o tempo frio com chuva. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de precipitações durante todo o final de semana. Nesta sexta-feira (28/2), a Defesa Civil emitiu um alerta para alertar a população sobre tempestades e ventos fortes.  De acordo com a meteorologista Andrea Ramos a tendência é o tempo ficar instável neste sábado (29/2) e neste domingo (1º/3). A temperatura máxima prevista é de 29°C e a mínima 18°C. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade